icons.title signature.placeholder Thiago Ferri
09/11/2013
10:15

Durante muito tempo, o Pacaembu – palco do confronto deste sábado com o Joinville – foi considerado a casa do Corinthians, arquirrival palmeirense. Luiz Felipe Scolari, ex-técnico do Verdão, chegou a fazer o clube mandar jogos em estádios, como a Arena Barueri, enquanto não tem o Allianz Parque.

Na disputa da Série B, porém, o local tem só ajudado, pois o time está invicto até agora em sua “casa”: são sete vitórias e três empates, com mais três jogos no Paca para o time terminar o Brasileiro invicto no estádio.

– O Pacaembu é um lugar onde todo jogador gosta de jogar, é um campo onde nos sentimos à vontade, com um gramado ótimo e conseguimos aplicar um bom futebol – disse Wesley, volante do Verdão.

A última derrota no estádio municipal aconteceu no dia 14 de maio, quando o Tijuana (MEX) eliminou o Palmeiras das oitavas na Libertadores, ao vencer por 2 a 1.

Na Série B, o time começou a mandar os jogos no interior, por conta dos quatro mandos de campo que perdeu ainda em 2012. Foram três partidas em Itu e outra em Presidente Prudente, cidades do interior de São Paulo. Sem conseguir grandes públicos fora, o aproveitamento foi de três vitórias e uma derrota.

A volta ao Pacaembu casou com o momento em que o time embalou no competição. Os números eram ainda melhores antes da ida à Londrina (PR). Desde então, o time empatou duas vezes na capital paulista . Hoje é a chance para retomar o ritmo na casa “adotada”. Mesmo que isto signifique conquistar o título longe.

– Todos gostam de jogar aqui, está dando certo, tomara que continuemos assim para na Arena também dar muita alegria – completou Wesley, pensando no centenário.

A campanha do Verdão no Pacaembu

Vitórias: Na Série B, o time bateu no estádio: ABC (4 a 1), Icasa (4 a 0), Bragantino (2 a 1), Paraná (2 a 1), Paysandu (3 a 2), ASA-AL (3 a 0) e Sport (2 a 1).

Empates: Chapecoense (0 a 0), América-RN (0 a 0) e São Caetano (0 a 0) foram os times que conseguiram segurar o resultado quando visitaram o líder da Série B.

Aproveitamento: O Palmeiras conquistou 80% dos pontos que disputou no Paca. O índice está acima daquele apresentado pelo ponteiro em toda a campanha (70%).

Casa cheia: No Pacaembu, a média de público é boa: cerca de 19.200 pessoas. O jogo do acesso, contra o São Caetano, foi aquele com mais palmeirenses: 33.748.