icons.title signature.placeholder Jonas Moura
16/07/2014
14:46

Bastante conhecida pelo público brasileiro, a cubana Daymi Ramirez estava com saudade do país que tantas vezes a acolheu. Nesta quarta-feira, a oposto foi apresentada oficialmente pelo Banana Boat/Praia Clube, mostrou-se animada por voltar à equipe depois de três anos e confiante pela oportunidade de brigar, quem sabe, pelo título da próxima Superliga.

Principal nome do time na temporada 2010/2011, desta vez ela terá com quem dividir a responsabilidade. A diretoria reforçou o elenco com nomes de peso, como a ponteira/oposto Tandara e a ponteira campeã olímpica Sassá.

Por isso, Daymi acredita em uma colocação bem melhor do que naquela época, quando o time foi eliminado ainda nas quartas de final pelo Molico/Osasco e terminou em sétimo lugar. O Praia nunca chegou à semifinal do torneio.

– Ainda não treinei com elas, mas acho que o time tem muitas jogadoras talentosas, de alto nível. Haverá muita varidade, opções de jogadas. Muitas vão ajudar às outras, já que podem jogar em diferentes posições. Vai ser muito legal. Com certeza podemos disputar o titulo com a equipe que temos. Com muito trabalho, iremos conseguir – afirmou a jogadora, de 30 anos.

Esta será a quarta temporada de Ramirez no Brasil. Depois de defender o Praia, ela jogou pelo Usiminas/Minas e pelo Vôlei Amil, neste sob o comando de José Roberto Guimarães. Seu último clube foi o Fujian, da China.

– Na China era tudo diferente, a comida, as pessoas... foi um processo muito difícil para mim. Foi legal, por ser tudo novo. Aprendi outros pontos de vista. Sobre a língua, só aprendi palavras simples, como "obrigado". Tinham outras jogadoras de fora. A gente conseguia trocar experiências – contou.

Famosa por seu estilo vibrante, que às vezes extrapola nas provocações às adversárias, a cubana é só elogios à torcida de Uberlândia.

– É sempre muito legal ter esse reconhecimento da torcida. Eles fazem a diferença. Aqui, me sinto em casa. Foi meu primeiro clube no Brasil. Tenho carinho e muito boas lembranças.