icons.title signature.placeholder Marcio Porto
05/11/2013
21:04

Tudo está quase pronto para o duelo decisivo desta quarta-feira, entre Atlético Nacional (COL) e São Paulo, pela Copa Sul-Americana. Nesta terça-feira, o Estádio Atanásio Girardot, em Medellín, passou pelos últimos ajustes antes de receber a partida que vale uma vaga nas semifinais da competição sul-americana.

A reportagem do LANCE!Net esteve no local poucas horas antes de o São Paulo fazer o reconhecimento do gramado e encontrou poucos homens trabalhando nos últimos acertos no gramado, que aparenta boas condições.

O estádio municipal tem capacidade para cerca de 45 mil torcedores e deve estar lotado nesta quarta-feira. A maioria dos ingressos já foi vendida, com as bilheterias recebendo pequenas filas de torcedores em busca das últimas entradas.

O Atanásio Girardot é um dos palcos mais tradicionais da Colômbia e já recebeu duas finais de Libertadores: o título do Nacional em 1989 e o vice-campeonato de 1995, contra o Grêmio.

Nos arredores do palco, o clima é de expectativa para o duelo, já que a cidade respira futebol. Além do Nacional, há o Independiente de Medellín, outro clube de grande tradição na Colômbia. O Nacional é, até hoje, o único clube do país a conquistar a Liberta.

O Girardot faz parte de um grande complexo esportivo mantido pelo governo local. Além do grande campo, há diversas piscinas, pista de atletismo e até espaço para se andar de skate, onde muitos jovens se divertiam nesta terça à tarde.

Nas ruas próximas, vários bares com telões exibindo futebol, uma preferência do cidadão local, enquanto músicas típicas são tocadas para animar o agradável dia que faz em Medellín.

O São Paulo faz o reconhecimento do estádio a partir das 19h no horário local, (22h no horário de Brasília). O confronto está marcado para às 18h50 local, 21h50 de Brasília. O Tricolor, por ter vencido o primeiro jogo por 3 a 2, joga por um empate para avançar. É eliminado se perder o jogo por placar até 2 a 1 ou por dois gols. Se perder por 3 a 2, a vaga será decidida nos pênaltis e qualquer outro resultado garante o time brasileiro na próxima fase.