icons.title signature.placeholder Bruno Grossi e Daniela Caravaggi
22/07/2014
07:00

Difícil encontrar um são-paulino sequer que não tenha se empolgado com o primeiro semestre de Luis Fabiano. O centroavante do São Paulo foi artilheiro do Campeonato Paulista com nove gols e saiu de férias durante a Copa do Mundo com mais seis tentos. Mas as lesões voltaram a assombrá-lo.

A primeira aconteceu em 20 de junho, durante o amistoso do Tricolor contra o Orlando City nos Estados Unidos. A segunda, também um estiramento no músculo posterior da coxa direita, foi detectada após coletivo disputado na última quinta-feira.

– Ele teve um aproveitamento bom, evoluiu bem. Agora, infelizmente teve esse imprevisto. Não dá para ficar buscando porquês. Nós tomamos os cuidados que julgamos necessários para ele – explicou o médico tricolor José Sanchez ao LANCE!Net.

No início do ano, comissão técnica e departamento médico se uniram para criar planejamento especial para Luis Fabiano. A intenção era evitar ao máximo os problemas musculares do centroavante e o resultado, a princípio, foi positivo.

Até hoje, o São Paulo disputou 32 partidas na temporada e Fabuloso perdeu apenas cinco delas. No Campeonato Paulista, foi poupado diante da Ponte Preta e cumpriu suspensão contra o Botafogo. Na Copa do Brasil, foi preservado ante o CRB-AL.

Somente nas duas últimas partidas do Campeonato Brasileiro, contra Bahia e Chapecoense, é que Luis foi desfalque por lesão. Os 15 gols em 27 jogos, então, passaram a ficar em segundo plano diante a preocupação com a sequência da temporada.

– Não podemos esquecer que o Luis estava quase um ano sem ter problema muscular. A última lesão que ele teve, foi na coxa direita em julho de 2013 – exaltou Sanchez.

Diferentemente dos últimos anos, quanto os reservas de Fabuloso não inspiravam muita confiança, a torcida aparenta estar mais tranquila devido à chegada de Alan Kardec, que já tem um gol em três partidas, e à ascensão do jovem Ademilson cinco gols em 22 jogos.

Difícil, agora, é encontrar são-paulino que não esteja ansioso para ver juntos em campo Rogério Ceni, Ganso, Kaká, Alan Kardec e Luis Fabiano. Mas a espera será longa. Pelas contas de Muricy Ramalho, Fabuloso só voltará a atuar no dia 17 de agosto contra o Palmeiras.