icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
20/12/2013
15:28

O secretário-geral da Fifa, Jérôme Valcke, publicou carta nesta sexta-feira em que faz um balanço do sorteio da Copa do Mundo, que aconteceu no início do mês, na Costa do Sauípe (BA), e também das estruturas que ainda estão pendentes para o Mundial de 2014. Neste ponto, Vlacke escreveu que a Arena Corinthians é uma exceção nos prazos, pelo "triste motivo que todos nós sabemos", fazendo alusão ao acidente na obra do estádio em novembro, quando a queda de um guindaste vitimou dois operários.

O dirigente nada escreveu sobre a morte na Arena da Amazônia e outro no Centro de Convenções do Amazonas no último sábado. No texto, Valcke ressaltou que "mesmo com todos os prazos em mente, não haverá nenhum risco em relação à segurança".

No documento, o prazo dado para o primeiro de três eventos testes nos cinco estádios que faltam ficar prontos - exceto São Paulo - é, no máximo, março. O presidente da Fifa, Joseph Blatter, confirmou o prazo de entrega da Arena Corinthians para 15 de abril, única exceção ao cronograma.

As 32 seleções que participarão da Copa já escolheram seus Centro de Treinamento de Seleções (CTS), segundo Valcke. Porém, a confirmação final só será feita em 31 de janeiro, quando representantes dos países estarão no Brasil.

Por fim, o secretário-geral revelou que 80% dos mais de 2,1 milhões de ingressos pedidos nessa fase de venda vieram do Brasil. Essa fase de pedidos de ingressos irá até o dia 30 de janeiro e a venda será efetivada por sorteio.