icons.title signature.placeholder RADAR/LANCEPRESS!
11/02/2015
17:26

A Caldense faz um belo início de Campeonato Mineiro. Após a goleada de 6x1 sobre o Mamoré, na partida de estreia, a equipe foi ao Mineirão e conseguiu arrancar um empate do atual bicampeão brasileiro, o Cruzeiro. O bom momento do time da cidade de Poços de Caldas se deve também ao trabalho de Léo Condé. O treinador, que faz sua segunda passagem pelo clube, tem mostrado seu conhecimento do futebol estadual e armado bem a equipe do sul de Minas. Após o empate contra a Raposa, Condé recebeu o prêmio de melhor da partida, concedido pela Rádio Itatiaia. Com o resultado, ele manteve o bom retrospecto diante do Cruzeiro, esticando, agora, a invencibilidade pessoal contra o time celeste para quatro jogos (uma vitória e um empate pelo Tupi e dois empates pela Caldense).

Para o treinador, de 36 anos, o mérito do importante ponto conquistado foi dos jogadores, que não abriram mão da ofensividade contra o time de Marcelo Oliveira.

- Foi legal receber esse prêmio simbólico de melhor da partida, pois valoriza a difícil missão que é tirar pontos de um clube da grandeza do Cruzeiro. Quem fez por merecer foram os atletas, que não desistiram do jogo em nenhum momento. Conseguimos terminar o primeiro tempo praticamente sem sustos na defesa, porém tomamos um gol logo no início e, nesse momento, a equipe mostrou maturidade. Não ficamos abatidos e, assim, pudemos buscar o gol de empate. Se formos analisar, tivemos até mais chances e continuamos tentando a vitória até o fim. Mas creio que o resultado ficou de bom tamanho, pois nos deixou numa boa situação na tabela.

Após duas rodadas disputadas, a Caldense se encontra na vice-liderança do Campeonato Mineiro, sendo superada apenas pelo Atlético, que foi o único time que venceu os dois primeiros jogos. A equipe, contudo, manteve seu bom saldo de gols e o posto de melhor ataque do estadual, com sete gols marcados. Na sequência, o time encara a Tombense e o Guarani, em Poços de Caldas.

Para Condé, a Caldense deve se apegar ao fator casa para manter o embalo na competição estadual. Ele acredita que a torcida será fundamental para que a Veterana se firme no G4 após as partidas sequenciais em Poços de Caldas.

- Ficamos satisfeitos com o bom início, mas a dificuldade aumentará a cada rodada. O Mineiro é um campeonato de tiro curto, então não há muito tempo para se comemorar, mas sim concentrar e preparar para o próximo compromisso. Agora, temos duas partidas decisivas dentro de casa, que poderão dizer se continuaremos fortes na briga pelos primeiros lugares. Esperamos repetir o desempenho que demonstramos contra o Mamoré e a persistência que nos ajudou muito no jogo contra o Cruzeiro. E, claro, contamos novamente com o apoio da nossa torcida, que será essencial para essa sequência. Temos pela frente o Tombense, que é o atual campeão da Série D e tem um time muito capacitado. Será um confronto complicado, mas vamos nos mobilizar bastante para continuar somando pontos, e o torcedor com certeza poderá dar esse estímulo para que os jogadores busquem essa importante vitória.

O próximo compromisso da Caldense acontece já nesta quinta-feira, às 19h30, contra o Tombense. A partida será disputada em Poços de Caldas, no estádio Ronaldão.