icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
20/07/2014
20:12

Destaque da vitória dos Estados Unidos sobre o Brasil na final da Liga Mundial de Vôlei, o ponteiro Talyor Sander dedicou o prêmio de melhor jogador do torneio ao time. O atleta, de apenas 22 anos, foi o maior pontuador do duelo decisivo, ao anotar 24 acertos.

– Amo meus companheiros de equipe. Receber o prêmio é legal, mas nunca penso em tentar isso sozinho. – disse o jogador, de 1.96m.

O carrasco do Brasil destacou ainda o poder de superação da equipe, que começou a fase final perdendo para a Itália por 3 a 0.

– Quase não chegamos à final, mas queríamos muito o ouro. Evoluímos no decorrer do campeonato – disse.

O time americano se classificou à semifinal apenas na segunda colocação da chave.

– É inacreditável. Estou sem palavras – disse o central David Lee, eleito um dos melhores centrais da Liga, ao lado do brasileiro Lucão;