icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
19/11/2014
23:53

No reencontro entre Flamengo e Atlético-MG, há duas semanas da eliminação rubro-negra na Copa do Brasil, o filme se repetiu. O Galo mostrou novamente superioridade e aplicou uma nova goleada, dessa vez por 4 a 0, na noite desta quarta-feira, na Arena Independência, pela 35ª rodada do Campeonato Brasileiro. Mesmo com as atenções voltadas para a decisão diante do Cruzeiro, na próxima semana, o time mineiro não poupou forças e não tomou conhecimento dos cariocas. Os gols da partida foram marcados por Luan, duas vezes, Diego Tardelli e Dodô.

No próximo sábado, a equipe de Levir Culpi encara o Internacional, no Beira-Rio. Enquanto o time de Luxemburgo viaja ao Maranhão, no domingo, para enfrentar o Criciúma. Com a vitória o Galo vai a 61 e entra momentâneamente no G4. O Fla permanece com 47, na décima posição, mas sem qualquer tipo de perspectiva na competição.

GALO DOMINA E ABRE VANTAGEM

Mesmo não tendo muita atração, a partida começou agitada, em alta velocidade. A primeira chance de gol veio do Flamengo, em um cruzamento de Nixon, mas Gabriel passou em branco. Logo em seguida, o Galo respondeu em dobro. Tardelli invadiu em velocidade e cruzou, mas Luan também furou. Pouco depois, Douglas Santos chutou da intermediária e a bola explodiu o travessão.

E MAIS
> Luan tranquiliza torcida após lesionar o ombro e deixar o campo chorando
> Garçom do Atlético-MG, Dátolo comemora sua melhor fase na carreira
> Everton diz que atuação do Fla foi a pior do ano, após goleada do Galo

Após os 15 minutos, a equipe rubro-negra começou a se perder em campo, Assim, os donos da casa dominaram as ações. Aos 24, em um escanteio, o zagueiro Marcelo não conseguiu cortar, desviou e a bola sobrou para Luan, que apenas escorou para o fundo das redes. Minutos antes, Paulo Victor havia executado uma defesa incrível. A superioridade atleticana, com isso, continuou até os minutos finais. Mas antes do apito final, Douglas Santos invadiu a área e Léo Moura cometeu penalidade. Tardelli cobrou bem e não deu chances ao arqueiro do Fla.

PAULO VICTOR TRABALHA, MAS NÃO EVITA GOLEADA

O segundo tempo começou com o Atlético ligado, explorando os erros rubro-negros. Assim como no primeiro tempo, porém, de pé direito, Douglas Santos experimentou de fora da área, obrigando Paulo Victor a executar outra grande defesa. Com mais um lance de perigo, a torcida empurrou ainda mais o Galo com gritos de olé.

Mesmo com dois gols de vantagem, o time mineiro não tirou o pé do acelerador. Desta forma, em uma saída em velocidade, Dátolo achou Luan livre dentro da área, que só escorou novamente. O jogador, porém, trombou com a trave e deixou o campo chorando.


    Jogadores do Galo comemoram novo triunfo sobre o Fla (Foto: Gil Leonardi/LANCE!Press)

O Rubro-Negro tentou até reagir, mas não conseguiu ser efetivo no ataque. Com amplo domínio do jogo, o Galo ainda teve tempo para ampliar. Aos 28, Dodô aproveitou passe de Dátolo e chutou forte debaixo das pernas de Paulo Victor, completando a festa no Horto.


FICHA TÉCNICA
ATLÉTICO-MG 4 X 0 FLAMENGO

Local: Arena Independência, Belo Horizonte (MG)
Data-Hora: 19/11/2014 - 22h
Árbitro: Flavio Rodrigues de Souza (SP)
Auxiliares: Alessandro de Rocha Mattos e Luiz Carlos Silva Teixeira (BA)
Gols: Luan (24'/1ºT 1-0), Diego Tardelli (45'/1ºT 2-0), Luan (17'/2ºT 3-0) e Dodô (28'/2ºT 4-0)
Cartões amarelos: Luan e Marcos Rocha (Atl) 
Público e renda:  Não divulgado


ATLÉTICO-MG: Victor; Marcos Rocha, Leo Silva, Jemerson e Douglas Santos; Leandro Donizete, Rafael Carioca, Dátolo (Eduardo, 37'/2ºT) e Luan (Dodô, 19'/2ºT); Diego Tardelli e Carlos (Marion, 32'/2ºT) - Técnico: Levir Culpi

FLAMENGO: Paulo Victor; Léo Moura, Wallace, Marcelo e Anderson Pico (João Paulo, 16'/2ºT); Márcio Araújo (Luiz Antonio, 16'/2ºT), Canteros, Mugni (Amaral, intervalo) e Everton; Gabriel e Nixon - Técnico: Vanderlei Luxemburgo