icons.title signature.placeholder RADAR / LANCEPRESS!
01/11/2014
14:16

Responsável por erguer o troféu de campeão brasileiro pelo Atlético-MG em 1971, Oldair Barchi morreu na madrugada deste sábado, em Belo Horizonte, aos 75 anos. O ex-jogador convivia com problemas de câncer no pulmão, e estava hospitalizado há cerca de dois meses.

Nascido em São Paulo, Oldair iniciou sua trajetória no Palmeiras. Em seguida, teve passagens por Fluminense e Vasco, e chegou a ser cotado para estar na lista de convocados da Copa do Mundo de 1966, mas foi cortado da lista final de Vicente Feola.

Sua consagração viria a ocorrer de fato com a camisa do Atlético-MG, onde atuou a partir de 1968. Três anos depois, Oldair não só lideraria a equipe dentro de campo, como também seria o autor do gol mais importante da conquista do Campeonato Brasileiro - marcado na vitória por 1 a 0 sobre o São Paulo, na fase final da competição.

Foram 262 jogos e 61 gols pelo Galo, clube que deixou em 1973. Após atuar no CEUB-DF e no ESAB, de Contagem, encerrou a carreira em 1977 e trabalhou no ramo de material de construção.

O corpo de Oldair Barchi foi velado nesta manhã, no Cemitério Terra Santa, em Sabará, na região metropolitana de Belo Horizonte. Seu sepultamento está previsto para as 16h (de Brasília).