icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
20/03/2014
01:00

O drama de um campeão mundial. É grave o estado de saúde de ex-zagueiro Hilderaldo Luís Bellini, que foi capitão do título da Copa do Mundo de 1958 da Seleção Brasileira e atuou por Vasco, São Paulo e Atlético-PR. Aos 83 anos, o ex-atleta está internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) de um hospital de São Paulo, com um quadro de parada cardíaca e apneia. Ele está intubado.

Bellini sofre há mais de 10 anos com o Mal de Alzheimer. No mês passado, após ficar hospitalizado por 60 dias, ele passou a receber acompanhamento médico em casa. O quadro da doença vem piorando graduativamente e, há cerca de três anos, o ex-zagueiro perdeu a fala.

O ex-atleta iniciou sua carreira no pequeno Itapirense, de Itapira (SP), sua terra natal, e se tornou famoso no Vasco, onde chegou em 1952 e jogou até 1961. Ele conquistou 10 títulos pelo Cruz-Maltino, entre eles três estaduais e um Rio-São Paulo. Bellini jogou por cinco anos no São Paulo, mas não conquistou nenhum título.

Pela Seleção Brasileira, além da Copa do Mundo de 1958, ele conquistou também a Copa de 1962 e duas edições da Copa Roca. Sua foto levantando a Taça Jules Rimet com as mãos sobre a cabeça é uma das marcas do futebol brasileiro, e passou a ser repetida por todo capitão ao levantar a taça. O gesto virou estátua na entrada do Maracanã, que recebe muitas visitas de turistas.