icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
25/02/2015
11:23

Melhor Jogador do Mundo em 2006 e atual treinador do chinês Guangzhou Evegrande, Fabio Cannavaro foi condenado a dez meses de prisão em Na Itália. Segundo o jornal inglês "The Guardian", o ex-jogador teria descumprido uma ordem judicial ao entrar em sua própria casa, em Nápoles, lacrada pela polícia. Cannavaro já declarou que irá recorrer da decisão.

Cannavaro, sua esposa e seu irmão, Paolo, que atua no Sassuolo, estavam sendo investigados na Itália por suspeita de fraude fiscal. Em outubro de 2014, a Justiça de Nápoles bloqueou bens do casal.

Daniela e Paolo também foram condenados pela infração cometida (invasão da residência), recorrendo da decisão. Com o recurso, a punição ao trio fica suspensa até um novo julgamento. 

De acordo com a "Gazzetta dello Sport", o técnico do Guangzhou vinha sendo investigado por possível fraude nas contas de empresa de aluguel de barcos, aberta ao lado de sua esposa. A dívida de Cannavaro com a receita seria de um milhão de euros (R$ 3,2 milhões), que foram possivelmente sonegados entre 2005 e 2010.