icons.title signature.placeholder Luiz Gustavo Moreira e Paulo Victor Reis
23/11/2014
07:04

A Chapa Cinza tem como base o grupo "Grande Salto", liderado por Marcelo Guimarães, cabeça da chapa e candidato à presidência do Botafogo. Um dos grandes motes do grupo político é a reestruturação completa do clube, aos poucos, para daqui a um tempo voltar a ser o gigante de sempre. Em entrevista ao LANCE!Net, Marcelo usou palavras fortes para definir o que quer para o futuro alvinegro.

– Não adianta mais voo de galinha. Não adianta armar o circo, realizar um espetáculo e depois não fica nem o bigode da foca, o sapato do palhaço... Tem sido assim. Precisamos alcançar um ciclo vitorioso para que o clube suba de patamar. Voltar a conquistar os títulos necessários, conquistar a confiança e preparar as bases para o grande salto do Botafogo, para que ele se alinhe no topo das tabelas dos campeonatos venha a participar – disse o ex-diretor de marketing do clube.

A Chapa Cinza tem Edson Santana como candidato à vice-presidência. Edson foi diretor de futebol do Botafogo nos anos 1990 e participou de conquistas como o Brasileiro de 1995 e a Conmebol de 1993. Ele acredita que a experiência agregará bastante ao futebol do clube de General Severiano.

– Edson, multicampeão no Botafogo, não à toa está conosco. Ele é um exímio conhecedor de equipes, tem muito conhecimento no futebol, se relaciona muito bem com dirigentes – afirmou Marcelo.

Sobre as dívidas, o candidato lamentou a situação do Botafogo:

– O desafio é duríssimo. O Botafogo enfrenta talvez um dos grandes desafios de sua história.

QUEM É ELE: Marcelo Guimarães, de 55 anos, é formado em Administração, com especialização em Marketing, pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), Marcelo foi diretor de marketing do Botafogo no início do primeiro mandato de Mauricio Assumpção, em 2009. Depois de sair, retornou em 2010 e ficou por lá até fevereiro de 2013. Escreveu o livro "Paixão S.A. - Como anda o marketing do clube do seu coração?".