icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
24/02/2015
15:24

A Fifa fez a recomendação de que a Copa do Mundo de 2022 seja disputada no inverno do país, entre novembro e dezembro. E se o português Luís Figo ganhar as eleições para a presidência da entidade, vai manter a ideia. O eterno craque defendeu a ideia lançada nesta terça-feira.

- É a decisão correta para o Mundial. Tem de ser jogado nas melhores condições para os torcedores e jogadores que vão aproveitar de uma grande atmosfera de Mundial, e também para o Qatar, que merece estar numa posição de organizar um grande evento - disse o ex-jogador de Sporting, Barcelona, Real Madrid e Internazionale:

- Com boa vontade e sentido de solidariedade é sempre possível encontrar as soluções corretas.

No verão do Qatar, os termômetros chegam a apontar acima dos 40 graus enquanto que nos meses de novembro e dezembro, a temperatura cai para os 25. A decisão será tomada na reunião do Comitê Executivo da entidade em reunião que acontecerá nos dias 19 e 20 de março, em Zurique. A recomendação foi de um grupo de trabalho da Fifa.