icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
16/12/2013
15:40

Novamente o esporte brasileiro vai parar nos tribunais. A bola da vez é o Campeonato Brasileiro de Turismo. Na pista, o vencedor foi Marco Cozzi. Com a vitória no último domingo, o pilotou chegou aos 159 pontos e ficou à frente de Felipe Fraga, sétimo colocado em Interlagos.

Após a prova, os comissários desportivos impuseram duas punições de acréscimo de 20s ao tempo final de prova a adversários que ficaram entre Cozzi e Fraga. Com isso, Fraga ficou com a quinta posição na prova e consequentemente atingiu 160 pontos.

A primeira punição imposta pela CBA foi por infração do piloto JV Horto antes mesmo da largada. O competidor do carro foi demovido do quinto lugar que conquistou na pista por "irregularidades na volta de apresentação". Já a segunda punição foi aplicada sobre Gabriel Casagrande, por atitude antidesportiva contra Cozzi, seu companheiro na equipe Carlos Alves.

- Conversamos depois da prova e ele me disse que não teve maldade. O carro saiu para a grama e destracionou, quando voltou ao traçado me acertou. Mas tanto foi uma disputa limpa que eu consegui permanecer na pista e ganhar a corrida e o título na sequência - apontou Cozzi.

- Espero agora recuperar na Justiça o título que conquistei na pista e me foi tirado fora dela", acrescentou o piloto, cuja equipe protestou contra a decisão dos comissários logo após a prova.

Após o indeferimento do protesto na torre de controle, o piloto manifestou imediatamente intenção de recorrer ao STJD.