icons.title signature.placeholder Luiz Signor
30/03/2014
13:32

A torcida do Vasco fez festa sob o sol forte de Manaus. E nas areias do Rio Negro, na arena montada no Complexo Turístico de Ponta Negra, o Cruz-Maltino correspondeu. Com grande atuação, o time carioca derrotou o Sport, por 6 a 2, na manhã deste domingo, conquistando a IV Copa Brasil de Clubes de Beach Soccer embalado pelos gritos de "O campeão voltou". Foi o segundo título cruz-maltino na competição - o primeiro havia sido em 2011.

O Sport, derrotado pelo Flamengo na final do ano passado, chegou ao segundo vice consecutivo no torneio. Já a conquista do Vasco foi a quarta de um time carioca em quatro anos. Além do Cruz-Maltino (2011 e 2014), Botafogo (2012) e Flamengo (2013) foram os outros campeões. O Rubro-Negro carioca, derrotado pelo Sport nas semifinais, chegou ao terceiro lugar após superar o Vila Velha mais cedo.

A IV Copa Brasil de Clubes de Beach Soccer ainda valia como a 2ª Etapa do Circuito Brasileiro de Beach Soccer. Vale lembrar que o Cruz-Maltino, que também é o atual campeão carioca, já havia faturado a 1ª Etapa.

O JOGO

Um primeiro período intenso, disputado sob forte sol e com o Vasco superior. E essa superioridade foi refletida no placar. Bueno, com 4' minutos de bola rolando fez Vasco 1 a 0. O Cruz-Maltino marcou o segundo com Bokinha, aos 5'25'' e tinha o controle do jogo. Mas o valente Sport conseguiu ir para o intervalo com um gol. E ele veio com Fernando DDI, um dos destaques do time, aos 9'38''.

A etapa seguinte comprovou o melhor futebol do Vasco. Mauricinho, com 2'33'', ampliou para o Cruz-Maltino. O Vasco tomou conta do jogo de vez. Bokinha e Jorginho desperdiçaram ótimas oportunidades, mas Igor fez o quarto, aos 11'48''. A vitória e o título estavam ainda mais próximos.

O terceiro e último período da IV Copa Brasil de Clubes de Beach Soccer consagrou Lucão, o artilheiro do torneio. Com dois gols, aos 2'40'' e 5'41'', ele confirmou o título do Vasco. O gol de Andrezinho, do Sport, não foi suficiente para evitar o revés. Vitória justa diante do time carioca, que superou o insucesso ainda na fase de grupos para o rival Flamengo, derrotou o Vila Velha nas semifinais e, por fim, deixou o Sport com mais um vice.

PRÊMIOS INDIVIDUAIS

O Vasco, além de ter conquistado o título da Copa Brasil, se destacou nos prêmios individuais. O goleiro Cesinha, decisivo para as vitórias diante de Vitória e Vila Velha nos pênaltis, foi eleito o melhor goleiro, enquanto Lucão, de seis gols na competição. Já o troféu de revelação ficou com Andrezinho, do Sport, e o de melhor jogador com Reyder, do Vitória.

* O repórter viaja a convite da organização da IV Copa Brasil de Clubes de Beach Soccer.