icons.title signature.placeholder Felipe Bolguese e Rodrigo Vessoni
24/04/2014
09:05

Ralf não é mais o mesmo. Depois de quatro anos no Corinthians, esse é o sentimento de quem convive com o camisa 5 do Timão no dia a dia do CT Joaquim Grava.

A queda de rendimento em relação ao ano passado, comprovada em números (veja quadro abaixo), é diagnosticada por alguns motivos. Ao longo desse tempo, o volante, que sempre manifestou o desejo de atuar na Europa, viu diversos jogadores desconhecidos ganharem fama e se transferirem para o Velho Continente. O principal deles, Paulinho, era o seu melhor amigo no clube e saiu em julho, assim como Edenilson, outro que era “unha e carne“ com ele, negociado no início desta temporada.

O Corinthians afirma que nenhuma proposta oficial de compra por Ralf foi feita por clube europeu. No passado, clubes da Rússia e da Ucrânia procuraram, mas o jogador não se interessou. No início deste ano, Cruzeiro e Napoli (ITA) fizeram sondagens e perguntaram se poderiam tê-lo por empréstimo, mas o clube alvinegro nem abriu negociações. Seu contrato vai até o fim de 2015.

O jogador também é um dos últimos remanescentes de todas as gerações vitoriosas do passado recente corintiano – Cássio, Fábio Santos e Julio Cesar são os outros. Nos últimos meses, Sheik, Douglas e Paulo André foram embora. Vale lembrar que foi justamente para acabar com o “conforto“ da base campeã mundial que diretoria e Mano Menezes iniciaram a reformulação do elenco.

O camisa 5 chegou a ter chances na Seleção, com Mano Menezes e Felipão, e chegou a ter esperanças de disputar a Copa do Mundo. Hoje, ele sabe que a chance é nula, fato que também o decepciona. Prestes a completar 30 anos em 9 de junho, ele sabe que a oportunidade se foi...

Dívida não foi problema

No início do ano, o Corinthians tinha uma dívida em relação aos direitos de imagens de alguns atletas, entre eles Ralf. O valor, cerca de R$ 500 mil, foi quitado e não houve nenhuma reclamação de Ralf neste período. No ano passado, houve também uma outra dívida do clube com ele. Em julho, o Timão comprou parte de seus direitos econômicos e também postergou as parcelas para esta temporada.

LANCE! FOOTSTATS - NÚMEROS DE RALF EM MÉDIA

Paulistão-2013 X Paulistão-2014

Desarmes: 4,7 x 2,5
Passes certos: 39,1 x 37,5
Passes errados: 2,6 x 2,3
Rebatidas: 2,9 x 5
Faltas cometidas: 1,2 x 1
Finalização certa: 0 x 0
Finalização errada: 0,5 x 0,2

ALGUNS QUE SAÍRAM...

Alessandro
Último capitão antes de Ralf, o lateral-direito esteve ao lado do volante por todos os anos. Ele aposentou no fim de 2013.

Chicão
Atuou com Ralf por toda sua passagem. Foi para o Flamengo no meio da última temporada.

Douglas
Outro que foi campeão de tudo ao lado do volante. Está no Vasco.

Emerson Sheik
Peça importante dos últimos anos, atacante foi para o Botafogo por empréstimo até o fim do ano.

Jorge Henrique
Também campeão de tudo, foi para o Inter após atos de indisciplina.

FORAM PARA A EUROPA...

Elias
Volante chegou em 2008 e foi parceiro de Ralf em 2010. No fim do ano, foi para o Atletico de Madrid.

Jucilei
Chegou em 2009 e também atuou com Ralf em 2010 e no início de 2011. Foi para o Anzhi, da Rússia.

Willian
Atacante chegou como um desconhecido do Figueirense em 2011 e saiu após a Liberta-12 para o Metalist (UCR).

Leandro Castán
Contratado em 2010, com Ralf, zagueiro virou titular em 2011 e saiu após a Liberta-12 para a Roma (ITA).

Paulinho
Chegou em maio de 2010, virou um dos craques do time e saiu para o Tottenham no meio do ano passado.

Edenilson
Chegou em 2011 e oi titular apenas a partir do 2 semestre de 2013. Saiu neste ano para a Udinese (ITA).