icons.title signature.placeholder Jonas Moura
14/04/2014
13:12

A conquista da Superliga Masculina no Mineirinho era o que faltava para os jogadores do Sada Cruzeiro, mas a festa só vai durar uma semana. Depois de um curto período de descanso e comemorações, o atual campeão do mundo irá defender o título de maior expressão no vôlei mundial entre 6 e 11 de maio, no mesmo ginásio.

Os comandados de Marcelo Mendez foram os únicos brasileiros a faturarem o torneio até hoje em nove edições realizadas. As equipes italianas amealharam os outros oito títulos, sendo o Trentino o maior campeão, com quatro.

Embora a temporada esteja no fim, o time que jogará a próxima edição será o mesmo que acaba de vencer a Superliga, já que o Mundial foi antecipado no calendário de 2014. No ano passado, quando os cruzeirenses bateram o Lokomotiv Novosibirsk (RUS) na decisão, a disputa aconteceu em outubro.

Com a base vencedora de todos os campeonatos que jogou na temporada, o elenco espera prolongar a grande fase e fechar com chave de ouro a dobradinha 2013/2014.

Além do entrosamento, a vontade de vencer pode ser um ingrediente a mais. O Mundial reservará confrontos duros contra alguns dos melhores atletas de outras seleções. Mas o treinador do Sada, que carrega o sotaque argentino nas palavras, está confiante para os próximos desafios que vai enfrentar.

– Esse é um grupo que tem muita fome de ganhar os torneio que disputa. Vamos nos preparar forte para ganharmos o Mundial agora - garantiu Mendez.

Além do Sada Cruzeiro - anfirtrião e atual campeão sul-americano, já estão garantidos na disputa do Mundial o Espérance (TUN), Mets de Guaynabo (PUR), UPCN (ARG) e Belogorie Belgorode (RUS). Faltam ainda as definições do campeão asiático e de dois clubes que serão convidados pela Federação Internacional (FIVB).