icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
18/11/2013
17:53

Atual campeão mundial no futebol de campo, por ter derrotado o Chelsea (Inglaterra) em dezembro do ano passado, no Japão, o Corinthians ganhou o mundo novamente neste domingo. Só que na areia. Diante de 2.500 torcedores que lotaram as arquibancadas da arena instalada na praia de Copacabana, zona sul do Rio de Janeiro, o Timão empatou com o Flamengo por 3 a 3, no tempo normal, e venceu por 1 a 0 na disputa de pênaltis.

Foi o terceiro ano de realização do Mundialito de Beach Soccer, e é a primeira vez que o título é conquistado por uma equipe de São Paulo - anteriormente, Vasco e Lokomotiv Moscou (Rússia) triunfaram. Até chegar à decisão em 2013, o Timão, que havia se reforçado com jogadores da Seleção Brasileira para o torneio, derrotou o Flamengo por 2 a 1, o Peñarol (Uruguai) por 4 a 3, o Milan (Itália) por 5 a 4, e o Vasco por 2 a 0. Também ficaram pelo caminho, na outra chave, Botafogo, Al Ahli (Egito) e Barcelona (Espanha).

Na decisão deste domingo, Bruno Xavier, que recentemente recebeu o prêmio de melhor jogador do mundo na categoria, Fernando DDI e André marcaram para o Timão, enquanto Eudin, duas vezes, e Benjamin igualaram para o Flamengo. Na decisão por pênaltis, Benjamin parou no goleiro corintiano Mão e Bruno Xavier anotou o gol do título mundial invicto.

- Não sei o que falar. Estou feliz, muito feliz, vivendo um momento muito bom na minha vida pessoal, porque vou ser pai pela terceira vez e também vou ser avô. É muita emoção. Há muito tempo o Corinthians persegue esse título e agora podemos dizer que estamos na história do clube. Cada um aqui teve um papel importante e fundamental nesse Mundialito, a união é a marca desse time e a preparação que fizemos foi maravilhosa - afirmou o herói Mão.