icons.title signature.placeholder Bruno Cassucci e Russel Dias
08/04/2014
07:01

Vencer por dois gols de diferença o Ituano, dono da melhor defesa do Campeonato Paulista, será uma missão duríssima para o Santos. No entanto, se analisar as dez vezes que a equipe do interior foi vazada no Estadual (em 18 jogos, média de 0,55 por duelo), o Peixe pode encontrar o caminho para a taça. A principal lição talvez seja o uso da bola parada, responsável pela maioria dos sofridos pelo Galo de Itu.

Seis dos dez tentos levados pelo time do interior saíram de faltas diretas e indiretas (dois), pênaltis (três) ou escanteios (um). No último domingo, a bola parada poderia ter sido novamente letal contra a equipe rubro-negra, mas Cícero desperdiçou penalidade no primeiro tempo.

A bola parada já "salvou" o Santos contra o Ituano nesta temporada. Quando as equipes se enfrentaram na primeira fase do Paulistão, em partida válida pela terceira rodada, o Alvinegro só conseguiu marcar em cobrança de falta de Cícero, que mandou por baixo da barreira, no fim do confronto.

Depois da derrota no último domingo, o técnico Oswaldo de Oliveira preferiu não citar pontos fracos do adversário, mas disse estar de olho em possíveis brechas do Ituano.

– A gente observa bastante. Naquela vez (primeira fase) já tinha sido um adversário duro, ganhamos com o Cícero se destacando, salvando o time. Ironicamente, ele falhou no pênalti agora. Vamos tentar fazer diferente – disse o treinador, que é abastecido com informações por Gabriel Oliveira, filho dele e membro da comissão técnica do Peixe, responsável por preparar vídeos dos times rivais.

Neste ano, o Santos fez nove gols em lances de bola parada, sendo seis de cabeça. A salvação está aí?

DERROTA POR DOIS GOLS? RARIDADE

O Ituano sofreu dois gols em apenas duas partidas neste ano. Na primeira ocasião, venceu o Paulista por 3 a 2 e, na outra, perdeu para o Comercial por 2 a 0.

Além disso, o Galo vem embalado e não sofre gols há cinco partidas. Se isso acontecer de novo no domingo, a equipe do interior levará o bicampeonato estadual.