icons.title signature.placeholder Bruno Cassucci e Russel Dias
09/07/2014
14:18

Acabou a relação entre Victor Andrade e Santos. O Boletim Informativo Diário da CBF confirmou a rescisão de contrato do atleta com o clube. Apesar de ter sido publicado na edição do dia 8 do BID, o acordo foi feito na segunda-feira.

O destino do atacante de 18 anos será o Benfica (POR), clube no qual ele jogou quando era criança, antes de vir para o Peixe. 

Apesar do contrato valer até o dia 30 de setembro, os representantes do jogador quiseram a liberação antes do prazo para poder atuar na Europa, já que a janela de transferências fecha no fim de agosto, e impossibilitaria sua transferência para jogar ainda neste ano.

Em entrevista ao LANCE!Net no final do mês passado, Nelson Andrade, pai e representante de Victor, confirmou o interesse do clube português e também a vontade do jovem atacante em atuar lá. Aos 11 anos, o garoto passou um ano em Lisboa, atuando pelo próprio Benfica.

Nas redes sociais, um de seus amigos postou uma foto ao seu lado, e uma das palavras na legenda da foto foram: "#logomaischegoemlisboa, #benfica" - entre outras.

Recentemente, ele vinha treinando separado no CT Rei Pelé e não viajou com o elenco para São José dos Campos, para um período de treinamentos.

Além do Benfica, o Hoffenheim (ALE), demonstrou interesse em seu futebol, e por meio de uma empresa, vieram ao Brasil nesta semana para conversar.

Na manhã de terça-feira, Andrade se despediu de seus companheiros do Peixe e funcionários.

Pelo Alvinegro, fez 31 partidas jogadas e três gols marcados.

Promessa

Depois de ser considerado um astro nas categorias de base do Santos, por ser rápido, dar passes e fazer gols, Victor Andrade subiu para o elenco profissional em 2012, com 16 anos. Sua multa rescisória chegou a ser estipulada em R$ 50 milhões.

Sua primeira decepção foi quanto o então treinador Muricy Ramalho o 'devolveu' para as categorias de base, e fez duras críticas ao seu comportamento.

Posteriormente, a jovem promessa retornou ao elenco profissional, mas não desencantou com outros técnicos que passaram pelo comando do time.

A badalação em torno de seu futebol voltou a aparecer quando em um período de férias o jogador postou algumas fotos na internet, em que a cada semana aparecia conhecendo as estruturas de um clube diferente no exterior.

Reforçando o status de "promessa" ele foi envolvido na negociação entre Santos e Barcelona, durante a venda de Neymar. Na ocasião, o clube catalão passou a ter preferência na sua contratação, junto dos garotos Giva e Gabriel.