icons.title signature.placeholder Fábio Aleixo
02/12/2013
09:35

Bauru e Paulistano decidem a partir desta segunda-feira o título do Campeonato Paulista de Basquete em meio a uma maratona de jogos, e com pouco tempo para descanso. A primeira partida do playoff em melhor de cinco será realizada às 20h (de Brasília, com transmissão da ESPN +) no Ginásio Panela de Pressão, no interior do estado.

Por causa do calendário mal-elaborado, fato que já gerou diversos protesto dos atletas há algumas semanas, as equipes terão também partidas do NBB em meio à decisão. O segundo jogo da final estadual ocorre amanhã. Antes do terceiro e quarto – marcados para os dias 9 e 10 – o Bauru jogará uma vez pela competição nacional. O Paulistano terá duas partidas, podendo totalizar seis em uma semana.

Não bastasse isso, o Bauru chega para a partida de hoje quase sem tempo de recuperar as forças após ficar com o terceiro lugar da Liga Sul-Americana, encerrada na noite da sexta-feira, em Montevidéu (URU). A equipe só retornou para casa no fim da tarde de sábado.

– Vamos priorizar o  Paulista, pois estamos perto do título – disse Guerrinha, técnico do Bauru.

– Já estamos priorizando a final do Paulista. No sábado, contra o Flamengo (derrota por 80 a 58 pelo NBB), poupei atletas. É ruim para o basquete esta maratona, pois logo em uma final os jogadores chegam sem estar no melhor de suas formas físicas – disse Gustavo de Conti, comandante do Paulistano.

No ano passado, o Pinheiros, vice-campeão estadual ao perder para o São José sofreu com o mesmo problema de calendário.

Dentro de quadra, a decisão colocará frente a frente o líder da fase de classificação e o terceiro colocado. Exatamente por ter feito a melhor campanha na etapa inicial, Bauru poderá jogar a quinta partida em casa se ela for necessária.

Tanto nas quartas de final, quanto na semifinal, as equipes eliminaram seus rivais por 3 a 2.