icons.title signature.placeholder Matheus Babo e Vitor Pimenta
02/04/2014
09:09

O Fluminense anunciou nesta quarta-feira a demissão do técnico Renato Gaúcho através de nota oficial. O presidente do clube, Peter Siemsen, agradeceu aos serviços prestados pelo treinador e concederá coletiva ainda na manhã desta quarta, na sala da presidência, para explicar os motivos da decisão. O LANCE!NEt acompanha em Tempo Real a entrevista do mandatário tricolor.

Renato Gaúcho nem sequer apareceu nas Laranjeiras. A decisão foi tomada em reunião da cúpula de futebol do clube, na madrugada de terça para quarta. Como o contrato não tem multa rescisória, o Fluminense não terá prejuízo (sem contar os direitos trabalhistas do treinador) com a decisão. Quem assume a função interinamente será o auxiliar técnico Marcão, até que um novo treinador seja contratado.

OPINE
- Fluminense acertou em demitir o técnico Renato Gaúcho?
- Tricolor, quem você gostaria que assumisse o Fluminense?

E MAIS
- Peter é barrado no Maracanã e segurança do Flu agride funcionário
- Para estreitar laços, Flu tenta reaproximação com Sandro Lima

L!TV:
- Peter diz que falta de resultados levaram à demissão de Renato

A demissão expõe a crise na relação entre o presidente Peter Siemsen com o presidente da Unimed-Rio, Celso Barros. A contratação de Renato Gaúcho foi uma imposição do mandatário da parceira do Tricolor. Nos últimos dias, Celso chegou a dizer que não investiria mais em contratações por conta do alto valor do elenco.

Esta foi a quinta passagem de Renato como técnico pelo Tricolor. Foram 18 jogos, nove vitórias, cinco empates e quatro derrotas. Somando todas as passagens, o treinador comandou o time em 202 oportunidades, com 87 vitórias, 52 empates e 63 derrotas.

 Relembre a quinta passagem de Renato Gaúcho pelo Fluminense