icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
02/12/2013
18:04

Com contrato próximo de acabar, o diretor executivo do Fluminense, Rodrigo Caetano, afirmou que tem o desejo de ter seu contrato renovado com o clube ao término em dezembro. O dirigente, ainda frisou que, sua vontade de ficar nas Laranjeiras pode ser ainda maior em caso de um rebaixamento para a Série B do Brasileiro. Porém, mesmo com o desejo explícito, não confirmou que irá seguir no Tricolor em 2014.

- Não sei se vou continuar porque é algo que não depende só de mim. Talvez, não seja a pessoa mais indicada para falar sobre o assunto da minha permanência. Mas gostaria de ficar, principalmente, se o Fluminense for rebaixado. Sei que tem pressão, algumas situações complicadas, mas esta é a minha vontade - declarou.

Ficando ou não na elite do futebol nacional, o Fluminense passará por um processo grande de reformulação no elenco para a próxima temporada. Assim, Rodrigo Caetano tratou de amenizar as possíveis mudanças no plantel na próxima temporada e confirmou que o jogo de domingo será decisivo para as avaliações e planejamentos para o próximo ano.

- É natural que tem jogadores que o contrato está acabando, uns com o contrato mais longo, mas não sei o que acontecerá no fim de semana. De garantido só a vinda do Conca. Em relação a todos os outros jogadores só podemos ter algo mais elaborado depois do jogo contra o Bahia. Naturalmente, temos uma previsão otimista. Acreditamos que não cai. Se não permanecer, aí é outra história e tem que esperar - disse, comentando também que as reformulações não serão tão impactantes:

- É claro que depois que terminar o Brasileiro vai ter uma reformulação no elenco, mas não será algo geral. Será mais em determinadas peças, nada de impacto.