icons.title signature.placeholder Leo Burlá e Rodrigo Cerqueira
13/06/2014
15:10

A poucos minutos do pontapé inicial para o clássico entre Espanha e Holanda, nem tudo é festa do lado de dentro da Fonte Nova.

Um grupo de cinco cadeirantes não está conseguindo embarcar em um elevador que os levaria a seus respectivos lugares, visto que ele está sempre cheio de não-cadeirantes. O problema se arrasta há minutos.

- As pessoas não nos dão a prioridade devida aqui, éramos nós que deveríamos ter a preferência de embarcar primeiro - protestou o cadeirante Bruno.

O acompanhante de um dos portadores de necessidades especiais reclamou que uma pessoa credenciada não estava conseguindo dar a prioridade necessária e fazer a devida organização da fila dos elevadores.

O problema aumentou a fila e gerou um bate boca entre as partes, mas o ânimo foi serenado quando um fiscal prometeu que aquele elevador seria de uso exclusivo dos cadeirantes.