icons.title signature.placeholder Luis Fernando Coutinho
10/11/2014
15:32

Após duas derrotas no UFC, Leandro Buscapé sabia que tinha a chance de ouro de enfim carimbar seu primeiro triunfo na organização, após ser recontratado pela franquia. Na edição realizada em Uberlândia, no último sábado, o brasileiro quebrou esse tabu e finalizou Charlie Brenneman, ainda no primeiro round, com um mata-leão e comemorou o feito.

- Peguei um cara duro, que está no UFC há mais tempo do que eu e consegui dar uma resposta. Tinha uma pressão em cima de mim, porque sei o que esperam das minhas atuações, eu também me cobro muito, mas treinei demais e essa vitória não ia sair das minhas mãos. Sou guerreiro, passei por muitos obstáculos e o resultado no final foi positivo - disse o lutador.

Sobre a rápida vitória diante do americano, Buscapé garantiu que, por ser especialista em jiu-jitsu, pôde ver a brecha no jogo do adversário para engatar a finalização.

Buscapé finalizou o americano no primeiro round (FOTO: Alexandre Loureiro/Inovafoto)

- Ele é um wrestler né, sabia que ia tentar encurtar e começamos trocando uns golpes até me colocar para baixo. Mas depois, como sou do jiu-jitsu, inverti a posição, achei o tempo dele e sabia que a vitória chegaria nas minhas mãos - afirmou.

Assim que saiu do octógono, Leandro espantou os torcedores quando apresentou um enorme galo em sua cabeça. Mas, descontraído, brincou com "troféu" que recebeu do combate.

- Nem vi de onde saiu esse galo (risos). Mas isso é o de menos, faz parte do jogo e da brincadeira lá dentro. Agora é só botar gelo e tomar cuidado na hora de treinar novamente (risos) - concluiu.