icons.title signature.placeholder LANCEPRESS
20/11/2014
09:43

São quatro decisões para o Fluminense conquistar a tão sonhada vaga no G4. Hoje, às 19h30, contra a Chapecoense, no Maracanã, em jogo que o LANCE!Net transmite em tempo real, o time de Cristovão Borges quer provar a vocação ofensiva e conquistar um triunfo convincente, com muitos gols, que podem também ajudar nos critérios de desempate no fim da competição.

E até agora, a força ofensiva da equipe tem passado nos testes com louvor. Dos 100 gols marcados nesta temporada (o centésimo foi feito por Edson, que garantiu a importante vitória do time contra o Botafogo), 52 foram concretizados apenas no Campeonato Brasileiro. O técnico Cristovão Borges falou sobre o poder de fogo.

– A equipe naturalmente tem vocação ofensiva. Quando cheguei aqui, já conhecia o grupo e sabia que era por ali que tinha que montar o time. Falou-se muito de não ter um jogador de velocidade e, por conta disso, procuramos de uma outra forma, fazer com que nosso jogo fosse rápido e bastante criativo. Por conta da técnica, nós conseguimos. No Campeonato Brasileiro, que é bastante competitivo, somos o terceiro melhor ataque. Então é um Fluminense que não tem características que outro têm, mas é altamente criativo e com jogadores goleadores. Fazemos muitos gols por isso – analisou o comandante.

Por sua vez, quem tem destoado do time nesta temporada é Rafael Sobis, que está há 24 jogos sem marcar. A tendência é a de que ele seja titular logo mais contra a Chapecoense. E o camisa 23 tem uma grande motivação para voltar a ser decisivo. Diante das dificuldades financeiras do clube e com o contrato até o meio do ano que vem, o atacante, embora queira permanecer, admitiu ao L! que a passagem pode estar perto do fim:
– Estes quatro últimos jogos significam muito para mim porque podem até mesmo ser os meus últimos pelo Fluminense. Independentemente de sair ou não, quero deixar o time da melhor maneira possível.

Celso Rodrigues espera reestreiar com vitória

A reestreia do técnico Celso Rodrigues será a grande novidade da Chapecoense na partida desta quinta-feira, contra o Fluminense, no Maracanã, às 19h30, pela 35ª rodada do Campeonato Brasileiro. O treinador, que já havia comandado a equipe por mais de três meses neste Brasileirão, retorna com a missão de tirar a equipe da zona de rebaixamento. Na opinião do treinador, apesar de objetivo ser claro, os jogadores têm de dar um passo de cada vez e, neste momento, os esforços devem estar no duelo diante do Tricolor. 

- Hoje somente o Fluminense está na nossa cabeça. Será um jogo dificílimo, fora de casa, contra uma equipe que luta para terminar entre as quatro primeiras e ir a Libertadores e isso por si só já indica a qualidade do elenco deles. Estamos iniciando um processo com quatro etapas. Vamos à primeira - disse Celso Rodrigues, lembrando a vitória da sua equipe sobre o Tricolor no primeiro turno, o que, segundo ele, será usado para motivar os jogadores:

- Falarei com certeza aos atletas sobre aquela vitória importante que obtivemos no primeiro turno, será importante como um elemento motivador.. 

Na 18ª colocação na tabela de classificação com 36 pontos, um a menos que Coritiba e Vitória, as primeiras equipes fora da zona de rebaixamento, o clima na Chapecoense não é dos melhores. Nesta semana, a diretoria catarinense, além do técnico Jorginho e do auxiliar-técnico Anderson Lima, dispensaram o zagueiro Fagner Alemão, o lateral Neuton, o meia Zezinho, além dos atacante Mailson, Rychely e Bergson. 

FICHA TÉCNICA
FLUMINENSE X CHAPECOENSE
Local: Maracanã, Rio de Janeiro (RJ)
Data-Hora: 20/11/2014 - 19h30 (de Brasília)
Árbitro: Elmo Alves Resende Cunha (GO)
Auxiliares: Cristhian Passos Sorence (GO) e Bruno Raphael Pires (GO)

Fluminense: Diego Cavalieri; Jean, Marlon, Guilherme Mattis, Chiquinho; Edson, Valencia, Cícero e Conca, Rafael Sobis e Fred. Técnico: Cristovão Borges

Chapecoense: Danilo; Fabiano, Rafael Lima, Douglas Grolli e  Rodrigo Biro; Bruno Silva, Dedé, Abuda, Camilo, Tiago Luis e Leandro - Técnico - Celso Rodrigues.