icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
25/06/2014
16:58

Gana e Portugal estão em situação complicada para passar de fase na Copa do Mundo. As duas seleções precisam, além da vitória, torcer por um resultado favorável no confronto entre Estados Unidos e Alemanha. A bola rola nesta quinta-feira, no Estádio Mané Garrincha, em Brasília, em jogo válido pelo Grupo G e que começa às 13h.

Entre ganeses e portugueses, pior para os lusitanos, que têm saldo de gols muito inferior: - 4. Portanto, uma diferença de cinco gols em relação aos norte-americanos, e só um milagre classifica a equipe de Cristiano Ronaldo. Já os africanos, com saldo de gols - 1, tem maiores chances de chegar às oitavas de final.

A campanha do time de Gana neste Mundial, porém, por pouco não acabou precocemente. Os jogadores, em resposta ao não pagamento pela participação na Copa (cerca de R$ 225 mil para cada atleta) não treinaram na última terça-feira e ameaçaram não viajar para o Distrito Federal. O governo nacional precisou intervir e a greve está descartada. O clima entre o elenco, inclusive, é muito bom e de muita confiança. Apenas o lateral-direito Daniel Opare, lesionado, não está á disposição do treinador James Appiah.

Do lado português, muitos desfalques. O goleiro Rui Patrício, o lateral-esquerdo André Almeida e os atacantes Hélder Postiga e Hugo Almeida sequer treinaram com o resto da equipe nesta quarta-feira e não devem atuar. Sendo assim, Ricardo Costa deve ser improvisado na defesa esquerda e o craque Cristiano Ronaldo pode virar centroavante.

A única boa notícia para Portugal é o retorno do zagueiro Pepe, que foi expulso no primeiro jogo do Mundial, na pesada derrota de 4 a 0 para a Alemanha. O jogador voltará a fazer dupla de zaga com Bruno Alves.

FICHA TÉCNICA

PORTUGAL X GANA

Local: Estádio Mané Garrincha, Brasília (DF)
Data-Hora: 26/6/2014 - 13h
Árbitro: Nawaf Shukralla (BHR)
Auxiliares: Yaser Tulefat (BHR) e Ebrahim Saleh (BHR)

PORTUGAL: Beto, João Pereira, Pepe, Bruno Alves e Ricardo Costa; Miguel Veloso, Raul Meireles e João Moutinho; Nani, Varela (Éder) e Cristiano Ronaldo. Técnico: Paulo Bento.

GANA: Dauda; Afful, Mensah, Boye e Asamoah; Muntari, Rabiu, Atsu e Kevin-Prince Boateng; Andre Ayew e Asamoah Gyan. Técnico: James Appiah.