icons.title signature.placeholder Renato Rodrigues
icons.title signature.placeholder Renato Rodrigues
09/07/2013
07:03

O atraso no anúncio de Cleber como novo reforço do Corinthians está prestes a ser resolvido. Apesar de entre o Timão e o zagueiro estar tudo acertado, a Ponte Preta ainda corre atrás da resolução de detalhes burocráticos do contrato.

A diretoria campineira acredita que já nos próximos dias o jogador seja liberado para assinar um vínculo de quatro anos com o time de Parque São Jorge. Como o defensor tem seus direitos econômicos fatiados (30% da Macaca, 30% do presidente afastado Sérgio Carnielli, 30% de empresários e 10% do próprio atleta), os cartolas precisaram recolher assinaturas de várias partes envolvidas no negócio.

O procedimento, que acabou sendo mais demorado, fez com que Cleber esperasse mais do que imaginava para realizar exames médicos e, enfim, assinar com Timão.

Entre o zagueiro e o clube, bases salariais e tempo de contrato foram acertados há algum tempo. O Corinthians terá ajuda de um investido – não revelado – para contratar o jogador, que custará R$ 8 milhões.

Com o acordo, o Timão ficará com 20% dos direitos econômicos de Cleber, de 22 anos. Destaque da Ponte Preta no Paulistão deste ano, o jovem vinha sendo observado de perto pela comissão técnica paulista, que o vê com um grande potencial futuro.

O atraso no anúncio de Cleber como novo reforço do Corinthians está prestes a ser resolvido. Apesar de entre o Timão e o zagueiro estar tudo acertado, a Ponte Preta ainda corre atrás da resolução de detalhes burocráticos do contrato.

A diretoria campineira acredita que já nos próximos dias o jogador seja liberado para assinar um vínculo de quatro anos com o time de Parque São Jorge. Como o defensor tem seus direitos econômicos fatiados (30% da Macaca, 30% do presidente afastado Sérgio Carnielli, 30% de empresários e 10% do próprio atleta), os cartolas precisaram recolher assinaturas de várias partes envolvidas no negócio.

O procedimento, que acabou sendo mais demorado, fez com que Cleber esperasse mais do que imaginava para realizar exames médicos e, enfim, assinar com Timão.

Entre o zagueiro e o clube, bases salariais e tempo de contrato foram acertados há algum tempo. O Corinthians terá ajuda de um investido – não revelado – para contratar o jogador, que custará R$ 8 milhões.

Com o acordo, o Timão ficará com 20% dos direitos econômicos de Cleber, de 22 anos. Destaque da Ponte Preta no Paulistão deste ano, o jovem vinha sendo observado de perto pela comissão técnica paulista, que o vê com um grande potencial futuro.