icons.title signature.placeholder Thiago Ferri
23/12/2013
14:25

O diretor-executivo do Palmeiras, José Carlos Brunoro, foi para Porto Alegre (RS) nesta segunda-feira para negociar com o Grêmio a permanência de Leandro. Artilheiro do clube na temporada, com 19 gols, seu contrato de empréstimo vence no fim do ano, e o Verdão depois de tentar mantê-lo por mais um ano, já estuda comprá-lo e firmar um contrato por cinco anos.

O atacante desembarcou por empréstimo no Palestra Itália no pacotão do Grêmio na troca de Barcos com o salário na casa dos R$ 50 mil. Após se destacar na Série B, pediu alta valorização e vencimentos em torno de R$ 300 mil - o clube ofereceu R$ 90 mil na primeira conversa, esta para prolongar o empréstimo. Diante do impasse financeiro, o clube buscou a ajuda de um investidor para manter o jogador, palmeirense na infância, por mais tempo na Academia de Futebol.

Rui Costa, diretor do Grêmio, time que detém os direitos do atacante, disse ao LANCE!Net que não tinha ainda reunião marcada com Brunoro, mas sabia que o dirigente alviverde estava com viagem prevista para a capital gaúcha. Há no clube a esperança de conseguir segurar Leandro, por quem o Grêmio deseja receber 5 milhões de euros (R$ 16,3 milhões). Segundo o membro da cúpula tricolor, o time paulista não oficializou proposta até o momento.

O Alviverde tem as bases salariais encaminhadas por Leandro neste contrato de cinco temporadas. O clube, porém, ainda tenta abaixar a pedida do clube gaúcho, que vive situação financeira complicada. A comissão técnica considera importante manter o jogador para o centenário, em 2014.