icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
15/07/2014
20:52

José Carlos Brunoro, diretor-executivo do Palmeiras, fez elogios a Valdivia, mas não concordou com a mensagem do meia no Instagram. Ao falar para a torcida de seu amor pelo clube, o chileno disse que o Verdão "precisa da grana" de sua venda, que renderá aos cofres alviverdes cerca de R$ 10,5 milhões. Segundo o dirigente, a transação é bem vantajosa para o Mago, também.

- Valdivia é uma pessoa muito legal. Tinha aquela imagem de que era chinelinho, mas todas as lesões dele eram constatadas em imagens. A motivação da seleção (para a Copa do Mundo) ajudou também, e ele é muito franco. Mas o precisar ir embora, que o Palmeiras precisa da grana, já discuto um pouco, porque ele vai ganhar uma bela grana (risos). Então vamos trocar as figurinhas de que foi bom para todo mundo se ele sair - disse, à ESPN Brasil.

Embora Valdivia já tenha se preparado para viajar aos Emirados Árabes, postado uma mensagem de despedida e não treine mais na Academia de Futebol, Brunoro evita fazer o anúncio da transação. Ele aguarda a assinatura de todos os documentos para confirmar a praticamente sacramentada negociação do seu camisa 10.

Quanto a reforços, o dirigente falou pouco. Questionado sobre Lucas Pratto e Facundo Ferreyra, atacantes do Vélez Sarsfield (ARG) e Shakhtar Donetsk (UCR), o membro da cúpula alviverde considerou as duas negociações "difíceis".