icons.title signature.placeholder Fabricio Crepaldi
29/12/2013
08:10

Depois de acertar a renovação do volante Marcelo Oliveira, que ficará no clube até o fim de 2014, o Palmeiras está próximo de assegurar a permanência do goleiro Bruno e do volante Wendel para o centenário.

Os dois têm contrato até o dia 31 de dezembro, mas estão com negociações adiantadas para ampliar os vínculos e devem se reapresentar com o restante do elenco em 3 de janeiro, na Academia de Futebol, para oficializar os novos acordos. A tendência é que os contratos tenham cláusulas de produtividade, prática utilizada pela diretoria em todas as negociações neste fim de ano, seja para reforços ou renovações: os salários são menores que os de mercado, mas podem ser turbinados dependendo do número de partidas jogadas e de títulos.

Além de Oliveira, Bruno e Wendel, o elenco campeão da Série B tinha dez jogadores com contrato a terminar no fim de 2013. Cinco deles já foram dispensados: Fernandinho, Rondinelly, Léo Gago, Ronny e Ananias. Outros quatro estão entre as prioridades de Gilson Kleina: Leandro, Charles, Márcio Araújo e Vilson, sendo que os dois últimos não devem permanecer no clube. O zagueiro André Luiz segue com a situação indefinida até o momento.

Bruno e Wendel passaram grande parte do ano no banco, mas tiveram sequência de jogos: o goleiro atuou quando Prass se lesionou, e o volante foi lateral-direito após o imbróglio na renovação de Luis Felipe.