icons.title signature.placeholder Fábio Aleixo
10/11/2013
18:22

O Brasil não terá nenhum representante na decisão de duplas das Finais da ATP. Na tarde deste domingo, Bruno Soares e Alexander Paeya foram superado pelos gêmeos Mike e Bob Bryan por 2 sets a 1, com parciais de 4-6, 6-4 e 10-8.

Na parte da manhã, Marcelo Melo e o croata Ivan Dodig haviam sido superados pelos espanhóis David Marrero e Fernando Verdasco por 2 sets a 0.

A derrota deste domingo foi a sexta de Soares e Peya diante dos americanos em sete partidas disputadas na temporada.

O brasileiro e o austríacos largaram na frente e chegaram a abrir 4 a 1 no tie break, mas não conseguiram segurar a reação dos gêmeos, que nesta segunda-feira buscarão o quarto título na história da competição.

- Faltou pouquinho, fizemos um grande jogo, quase perfeito. mas apartir do segundo set, eles começaram a acertar muitos saques, veio só pedrada e complicou bastante. No tie breal, tivemos 4 a 1, 5 a 3, mas os detalhes definiram - analisou o brasileiro.

Bruno, entretanto, ficou satisfeito com a participação da dupla ns Finais da ATP no ano de estreia.

- Não tem decepção algumas. Perdemos da melhor dupla da história. Só dá para tirar coisas positivas de tudo. Este foi um ano fantástico, com título de Masters, final de Grand Slam e seis título - afirmou Soares.

O JOGO

Bruno Soares e Alexander Peya quase se complicaram logo no primeiro game. Com o mineiro no saque, a dupla teve de encarar dois break points para sair em vantagem de 1 a 0
No terceiro game, foi a vez do dueto austro-brasileiro ter a chance de duas quebras e desperdiçar ambas.

O equilíbrio no duelo persistiu até o fim da primeira parcial. No décimo game, Soares e Peya tiveram dois sets points a favor. O primeiro, os americanos conseguiram salvar.

No segundo, porém, Bruno Soares conseguiu uma grande devolução no saque de Bob, obrigando o adversário a se jogar no chão para salvar. Na sequência, Peya acertou o voleio e Mike jogou a bola na rede, decretando a vitória do mineiro e do austríacos por 6 a 4.

Ao se atirar no chão, Bob machucou o braço, que começou a sangrar. Por causa disso, precisou receber atendimento médico.

No segundo set, na primeira vez que Peya foi ao saque a dupla foi quebrada. No ponto decisivo, Mike Bryan conseguiu uma bela devolução na cruzada.

Com a vantagem, os Bryan não foram quebrados, fecharam o set em 6-4 e forçaram a definição no match tie break.

No set decisivo, Soares e Peya chegaram a abrir 4 a 1, mas pouco a pouco os Bryan conseguiram encostar e depois consolidaram o triunfo por 10 a 8.

O repórter viaja a convite da ATP