icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
10/03/2014
18:24

O meia Bruno César foi julgado na tarde desta segunda-feira pelo TJD-SP e pegou um jogo de suspensão por conta do cartão vermelho que recebeu contra o Botafogo-SP, há três partidas. Por já ter cumprido a automática, o jogador está livre para atuar pelo Palmeiras na sequência do Campeonato Paulista. Alan Kardec, outro que poderia ser penalizado na tarde desta segunda-feira, teve seu julgamento adiado a pedido do Ituano, time contra o qual ele foi expulso.

Após entrar no intervalo do jogo em Ribeirão Preto, quando o Verdão já perdia por 3 a 1, o camisa 30 foi expulso aos 28 minutos da etapa final por xingar o árbitro. A Federação Paulista de Futebol não divulga detalhes dos julgamentos, mas o atleta seria julgado por "ofender alguém em sua honra", com pena de uma a seis partidas.

Kardec, por sua vez, foi expulso contra o Ituano por supostamente empurrar o adversário, de acordo com a súmula - ele minutos antes marcou o gol da vitória. O camisa 14 deveria ser julgado por ato hostil, com pena de uma a três partidas, mas o advogado do time do interior pediu para o julgamento ser feito mais à frente.

Com isto, a dupla pode entrar em campo normalmente contra a Ponte Preta, neste sábado, pelo Campeonato Paulista - é a penúltima partida da primeira fase. Antes disto, o grupo seguirá viagem rumo a Vilhena (RO), para enfrentar o time da casa, pela Copa do Brasil. A chegada ao local, porém, será um problema ao Verdão, pois os voos à cidade foram cancelados.