icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
05/07/2013
09:19

Criticado, o atacante Rafael Marques deixou claro, em entrevista coletiva, que a insatisfação dele foi direcionada a "uma meia dúzia de torcedores". Para o jogador, é melhor que a briga acabe por aí.

A história recente do clube mostra que comprar barulho com a torcida e criticar as atitudes dela, tanto dentro de campo quanto em entrevistas, faz com que a paciência da arquibancada acabe de vez.

Jogadores como Caio, Alessandro, Túlio Souza e Eduardo mostraram-se contrariados com as vaias da torcida durante as partidas e criticaram em entrevistas a atitude dos alvinegros, conhecidos por serem muito passionais. Todos eles saíram do clube em baixa e pela portas dos fundos.

E MAIS
> Alvos de críticas da torcida, Alessandro e Fahel querem ficar no Botafogo
> Desgastado com a torcida, Alessandro deixa o Botafogo
> Pelo Twitter, Caio comenta protesto de facção do Botafogo

Criticado, o atacante Rafael Marques deixou claro, em entrevista coletiva, que a insatisfação dele foi direcionada a "uma meia dúzia de torcedores". Para o jogador, é melhor que a briga acabe por aí.

A história recente do clube mostra que comprar barulho com a torcida e criticar as atitudes dela, tanto dentro de campo quanto em entrevistas, faz com que a paciência da arquibancada acabe de vez.

Jogadores como Caio, Alessandro, Túlio Souza e Eduardo mostraram-se contrariados com as vaias da torcida durante as partidas e criticaram em entrevistas a atitude dos alvinegros, conhecidos por serem muito passionais. Todos eles saíram do clube em baixa e pela portas dos fundos.

E MAIS
> Alvos de críticas da torcida, Alessandro e Fahel querem ficar no Botafogo
> Desgastado com a torcida, Alessandro deixa o Botafogo
> Pelo Twitter, Caio comenta protesto de facção do Botafogo