icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
21/07/2014
19:08

Nem tudo foi festa em relação à goleada do Internacional sobre o Flamengo no domingo. De acordo com informações do "Zero Hora", após a partida, uma briga entre facções organizadas do Colorado causou depredação em um posto de gasolina na Avenida Borges de Medeiros, nas imediações do Beira-Rio. As imagens da foram gravadas pelas câmeras de segurança do posto e 11 torcedores foram detidos.

A facção Inter Guarda Popular chegou ao local e cercou integrantes da Nação Independente, outra facção colorada. Utilizando paus e pedras, os torcedores da Nação iniciaram uma guerra com a outra torcida colorada, dando início a um cenário de depredações, agressões. Também foram registrados saques à loja do posto de gasolina.

De acordo com a Brigada Militar, o tumulto envolveu 50 torcedores, das quais 16 foram encaminhadas à delegacia, e 11 levadas para o Presídio Central. A fiança está estipulada em R$ 10 mil.

Posto de gasolina próximo ao Beira-Rio depredado (Foto: Arquivo pessoal)

O delegado do caso, Paulo César Jardim, afirmou que indiciará todos os vândalos por dano qualificado, formação de quadrilha, lesões corporais. Todos responderão provocar tumultos nas imediações do estádio, conforme o Artigo 41-B do Estatuto do Torcedor.

O titular da Promotoria do Torcedor, Francisco Seabra, solicitará que todos os envolvidos sejam banidos de estádios. Há risco de suspensão para a Inter Guarda Popular e a Nação Independente:

– Vou pedir uma sanção a estas duas torcidas. Algo que sirva de exemplo, uma punição pedagógica.