icons.title signature.placeholder RADAR/LANCEPRESS!
24/02/2015
13:26

O piloto da McLaren Fernando Alonso não consegue se lembrar de nada do que aconteceu em seu acidente nos testes da Fórmula 1 em Barcelona, neste domingo. A informação foi passado por Flavio Briatore, ex-chefe do espanhol na extinta Renault e que também já trabalhou como empresário do piloto na F-1. Briatore também acredita que Alonso pode receber alta ainda nesta terça-feira.

- Ele não consegue se recordar do acidente, mas isso é normal em casos assim. Acredito que ele saia do hospital na terça-feira - afirmou Briatore, em entrevista à rádio italiana 'RAI'.

A McLaren apontou como causa do acidente do espanhol uma rajada de vento que soprou na pista bem no momento que o piloto passava. A escuderia descartou qualquer falha no carro de Alonso.

- Nossos resultados indicam que o acidente foi causado pelos ventos tempestuosos imprevisível naquela parte do circuito. Podemos afirmar categoricamente que não há nenhuma evidência que indica que o carro de Fernando sofreu uma falha mecânica de qualquer tipo - afirmou a McLaren em nota oficial, descartando também a possibilidade de que o veículo teria sofrido um 'apagão' elétrico.

O acidente aconteceu faltando 20 minutos para o fim da primeira sessão de treinos. Assim, Jenson Button foi escalado para substituir Alonso na segunda etapa dos testes.