icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
21/11/2013
13:38

O zagueiro Breno deixou nesta quinta-feira a prisão de Stadelheim, na Alemanha. O jogador foi transferido para o instituto residencial de Freigängerhaus, em Munique, segundo o diário "Bild".

A diferença é que nesta nova instituição, Breno poderá passar todos os fins de semana com a família e não apenas um. O zagueiro seguirá trabalhando no Bayern de Munique e deverá se apresentar todos os dias às 18h no instituto residencial.

O instituto Freigängerhaus conta com outros 31 condenados, entre eles o banqueiro Gerhard Gribkowski, julgado por ter recebido suborno de Bernie Ecclestone, o chefe da Fórmula 1.

Breno permanecerá nesta instuição até março de 2014, quando deve ganhar a liberdade e poderá voltar ao Brasil. O zagueiro já tem um contrato assinado com o São Paulo para defender o clube brasileiro assim que voltar ao país.

O jogador foi preso acusado de incendiar a própria casa onde morava, em setembro de 2011. Breno estava em depressão e não era utilizado pelo Bayern de Munique.