icons.title signature.placeholder Michel Castellar
13/06/2014
13:19

O secretário interino de Segurança Pública do Distrito Federal, Paulo Roberto Batista, afirmou que os manifestantes foram avisados da distância mínima que poderão chegar nas proximidades do Mané Garrincha e serão contidos, caso ultrapassem. No domingo, ocorrerá o primeiro jogo da Copa no Estádio Nacional de Brasília, entre Suíça e Equador, e um total de 3,488 profissionais das forças de segurança trabalharão no evento.

- Os protocolos estão estabelecidos, os manifestantes já conhecem, eles participaram de uma reunião conosco e estamos bem tranquilo quanto a protestos. Eles podem se manifestar ao mesmo tempo que não interfiram na vida daqueles que desejam ver o jogo - afirmou Batista.

De acordo com Batista, Brasília está acostumada a ser alvo de protestos. Ele ressaltou que, por vezes, duas ou três manifestações diárias ocorrem, o que reforça a expertise dos profissionais que atuarão no domingo.

Na parte externa do Mané Garrincha, serão 1.741 agentes trabalharão, destes, 1.183 pertencem à Polícia Militar. Dentro do estádio, o efetivo de segurança será de 800 stewards, 74 brigadistas, 54 socorristas.

- Tivemos uma pequena manifestação ontem (quinta-feira). É dever das forças policiais garantir que elas ocorram de forma pacífica e democrática. O que não vamos admitir é a baderna. Não tivemos confronto mas usamos o spray de pimenta para contre um princípio de tumulto e esse era o protocolo - disse Batista, que confirmou a prisão de dois protestantes, por desacato.

 

__________________________________

Fan Fest

Os organizadores de Brasília comemoraram o sucesso da Fan Fest realizada na cidade-satélite de Taguatinga, que fica a 25 quilômetros do Estádio Mané Garrincha. Pelos números apresentados, mais de 40 mil pessoas foram ao local.

Ocorreram dez atendimentos bombeiros, referentes a torções, cortes de dedo e mal estar. Na questão de segurança, foram registrados cinco flagrantes: um por tráfico, um por uso e porte de droga, um por furto, um por roubo e um por desacato. Além de 12 registros policiais, referentes a furtos de celulares.