icons.title signature.placeholder RADAR/LANCEPRESS!
04/02/2015
16:20

A elite do kitesurf está reunida em Cape Town, na África do Sul, para o início da competição que coroará o rei dos ares. Em Big Bay, os atletas enfrentarão fortes rajadas de ventos de até 40 km/h, testando ao máximo seu preparo físico e mental. O evento acontecerá no dia que entrar o vento mais potente, dentro de uma janela de 14 dias (que já está aberta e vai até o dia 15 de fevereiro).

Depois de ter se tornado o primeiro campeão da maior prova de kitesurf endurance já feita, o Red Bull Rally dos Ventos, o cearense Alexandre Neto topou um novo desafio: viajar até a África do Sul em busca dos maiores e mais radicais ventos do mundo. Além dele, o carioca bicampeão brasileiro e campeão sul-americano de kitesurf, Reno Romeu, também é um dos nomes confirmados a brigar pelo título.

No total, 24 atletas vão duelar nessa competição de formato único. Entre eles estão Jesse Richman, Kevin Langeree (campeões de 2013 e 2014, respectivamente) e Ruben Lenten e Aaron Hadlow (ambos campeões mundiais). Por conta de uma lesão, o sul-africano Oswald Smith não poderá participar da prova. Em seu lugar, o compatriota Luke McGillewie terá o prazer de competir em casa e contar com o apoio da torcida local.

Como em edições anteriores, será avaliada a energia, a altura e a criatividade de cada kitesurfer para escolher o grande campeão. No time de jurados, estão mitos do esporte, como os holandeses Alex Vliege e Reinier Korstanje; o sul-africano Greg Tjisse; o tcheco Vitezslav Adamicek, o polonês Arek Jerzelkowski e o inglês Chris Bull.

Robby Naish, um dos pioneiros e lenda dos esportes aquáticos, também estará presente em Cape Town.