icons.title signature.placeholder RADAR/LANCEPRESS!
08/02/2015
15:17

O paraense Jucelino Alves garantiu neste sábado, em Cali, na Colômbia, uma vaga entre os dez melhores saltadores de penhasco do mundo, que irão disputar a edição de 2015 do Red Bull Cliff Diving. Esta será a primeira vez que o Brasil terá um representante na modalidade que, desde o ano passado, é reconhecida pela Federação internacional de Natação (FINA).

Jucelino enfrentou dois dias de competição nas Piscinas Panamericanas, na Colômbia. Já no primeiro dia, o brasileiro impressionou os juízes com a precisão dos seus saltos e terminou em terceiro lugar. No segundo e último dia, ele realizou mais quatro saltos, ficando a 0,2 pontos do dono da casa, o colombiano Christian Arayon.

- Não consigo explicar essa emoção. Mesmo sem ter uma plataforma, consegui uma vaga no Circuito Mundial de Salto de Penhasco. Agora que conquistei o primeiro passo, quero chegar ainda mais longe e levar o nome do Brasil com sucesso nesse Mundial - comentou o brasileiro.
É a primeira vez que um brasileiro participará de todas as etapas do circuito, que chega a sétima temporada. No entanto, o desafio não será totalmente novo para o paraense, que já participou de três etapas como convidado.


Jucelino, que no início da carreira fazia shows acrobáticos pelo exterior, começou a focar exclusivamente no esporte no início de 2014 e, desde então, tem conseguido resultados cada vez melhores.

Também garantiram vaga entre os melhores do mundo o mexicano Jonathan Paredes, o inglês Blake Aldridge, o tcheco Michal Navratil e o americano Andy Jones. Eles irão se juntar ao inglês Gary Hunt, atual campeão mundial, ao russo Artem Silchenko, aos norte-americanos Steven LoBue e David Colturi e ao colombiano Orlando Duque, uma das lendas da modalidade.