icons.title signature.placeholder RADAR/LANCEPRESS!
26/11/2014
00:02

Futebol sobre quatro rodas, em que os atletas fazem suas jogadas, comandando suas cadeiras de rodas motorizadas. É o que os cariocas vão ver nos dias 29 e 30 de novembro, quando acontece o III Campeonato Brasileiro de Power Soccer, na Escola SESC de Ensino Médio, em Jacarepaguá, com entrada franca.

Pela terceira vez a capital carioca recebe o evento que contará com a participação de quatro times: Clube Novo Ser (RJ), Rio de janeiro Power Soccer (RJ), Curitiba Power Soccer (PR) e ADDECE Paradesporto (CE). Ao todo, 30 atletas disputarão o título, que nas duas edições da competição foi conquistado pelo clube carioca, Novo ser.

O evento está sendo promovido pela Associação Brasileira de Futebol em Cadeira de Rodas (ABFC) – entidade criada para gerir o esporte no país –, em parceria com a empresa 213 Sports e SESC. Conta também com o patrocínio da Estácio e apoio do Grupo Vida.

Segundo os organizadores, o objetivo é promover cada vez mais um esporte, que tem o aval de grandes astros, como Zico e já é reconhecido no cenário paralímpico mundial.

- O objetivo com o evento é divulgar o esporte e incentivar mais pessoas a praticar, bem como estimular a criação de novos times em todo o Brasil e o buscar apoio de empresas públicas e privadas para o desenvolvimento da modalidade, afirma Ricardo Gonzalez, presidente da ABFC.

O Power Soccer é jogado por quem utiliza cadeiras de rodas motorizadas no dia a dia e é uma das poucas modalidades paradesportivas que possibilitam a participação de pessoas com deficiências severas como a tetraplegia, distrofia muscular e a paralisia cerebral, por exemplo. Ele é conhecido na América do Norte, América do Sul, Europa, Ásia e Oceania e praticado em 24 países, segundo a Federation Internacionale de Powerchair Football Association - FIPFA, federação internacional que rege o esporte.