icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
29/07/2013
17:40

O tenista Thomaz Bellucci, 113º do ranking, vai estrear nesta terça-feira no ATP 250 de Kitzbuhel, na Áustria, que é disputado no saibro. Após alguns insucessos, o brasileiro corre atrás de seu primeiro bom desempenho individual após retornar de lesão no abdômen, que o deixou afastado por cerca de três meses.

O duelo nesta terça será diante do espanhol Guillermo Garcia-Lopez (72º), por volta das 9h (de Brasília). Eles já se enfrentaram em três oportunidades no circuito, com vantagem para o brasileiro, que venceu duas, em Bangcoc (2009) e Barcelona (2010). Lopez venceu uma em Indian Wells (2010).

- Ele (Lopez) tem uma boa direita, principalmente a que ele bate do meio da quadra se invertendo. Também é bem regular de fundo. Tive uns dias para treinar aqui em Kitzbuhel, antes da estreia, e me sinto com ritmo e adaptado ao clima do torneio - disse Bellucci, que é canhoto e demonstrou preocupação com as rebatidas de direita do rival.

Após retornar da lesão, Bellucci foi eliminado na segunda rodada do ATP 250 de Stuttgart - torneio em que foi campeão nas duplas, ao lado do argentino Facundo Bagnis. Em seguida, perdeu na rodada inicial do ATP 500 de Hamburgo e ainda caiu na estreia do ATP 250 de Gstaad, torneio em que defendia o título de 2012.

A competição na Áustria ainda será a primeira que Bellucci vai disputar após anunciar sua parceria com a IMX Talent, braço da IMX responsável por gerenciar a imagem e carreira de esportistas. Apesar de ainda ser o melhor tenista do Brasil, Bellucci não figura mais no top 100 da ATP após os últimos resultados.

O tenista Thomaz Bellucci, 113º do ranking, vai estrear nesta terça-feira no ATP 250 de Kitzbuhel, na Áustria, que é disputado no saibro. Após alguns insucessos, o brasileiro corre atrás de seu primeiro bom desempenho individual após retornar de lesão no abdômen, que o deixou afastado por cerca de três meses.

O duelo nesta terça será diante do espanhol Guillermo Garcia-Lopez (72º), por volta das 9h (de Brasília). Eles já se enfrentaram em três oportunidades no circuito, com vantagem para o brasileiro, que venceu duas, em Bangcoc (2009) e Barcelona (2010). Lopez venceu uma em Indian Wells (2010).

- Ele (Lopez) tem uma boa direita, principalmente a que ele bate do meio da quadra se invertendo. Também é bem regular de fundo. Tive uns dias para treinar aqui em Kitzbuhel, antes da estreia, e me sinto com ritmo e adaptado ao clima do torneio - disse Bellucci, que é canhoto e demonstrou preocupação com as rebatidas de direita do rival.

Após retornar da lesão, Bellucci foi eliminado na segunda rodada do ATP 250 de Stuttgart - torneio em que foi campeão nas duplas, ao lado do argentino Facundo Bagnis. Em seguida, perdeu na rodada inicial do ATP 500 de Hamburgo e ainda caiu na estreia do ATP 250 de Gstaad, torneio em que defendia o título de 2012.

A competição na Áustria ainda será a primeira que Bellucci vai disputar após anunciar sua parceria com a IMX Talent, braço da IMX responsável por gerenciar a imagem e carreira de esportistas. Apesar de ainda ser o melhor tenista do Brasil, Bellucci não figura mais no top 100 da ATP após os últimos resultados.