icons.title signature.placeholder RADAR/LANCEPRESS!
icons.title signature.placeholder RADAR/LANCEPRESS!
31/08/2015
20:36

O jovem Michel Macedo alcançou um feito inédito para o Ski Alpino brasileiro no final de semana. Neste domingo, o esquiador, de 16 anos, venceu a segunda manga da Copa Sul-americana de Slalom em La Parva (Chile) e conseguiu o melhor resultado da carreira: 43.21 pontos FIS.

- As condições estavam a meu favor, mas senti que fiz uma ótima descida - relatou o jovem, exultante com o resultado.

Largando na 50ª colocação na primeira manga, Michel avançou 30 posições, tendo a chance de abrir a segunda descida e aproveitar o bom estado da neve. Na manga final, fez uma ótima descida e abriu oitenta centésimos para o segundo mais rápido. Macedo foi o 15º colocado da prova e o quarto melhor sul-americano.

- É a primeira vez que um esquiador brasileiro vence uma manga numa prova de Copa Continental, e o feito é ainda mais significativo se levarmos em conta que Michel tem 17 anos incompletos, apenas em sua segunda temporada na categoria adulta - destacou Stefano Arnhold, presidente da Confederação Brasileira de Desportos na neve e esquiador.

- Michel ficou dois segundos e 55 centésimos a frente do vencedor da prova na segunda manga. Numa modalidade em que as provas são decididas por centésimos de segundo, esse tempo é uma enormidade - completou o dirigente, lembrando que, no último Campeonato Brasileiro, na semana anterior, dois segundos e 47 centésimos separaram 38 atletas na prova de Slalom Gigante.

Com o resultado, Michel Macedo se coloca em ótima posição a Copa Sul-americana da próxima temporada, uma vez que somou pontos e terá melhores posições de largada. Na prova de La Parva, Guilherme Grahn, recordista brasileiro no Slalom, não completou a prova.

O jovem Michel Macedo alcançou um feito inédito para o Ski Alpino brasileiro no final de semana. Neste domingo, o esquiador, de 16 anos, venceu a segunda manga da Copa Sul-americana de Slalom em La Parva (Chile) e conseguiu o melhor resultado da carreira: 43.21 pontos FIS.

- As condições estavam a meu favor, mas senti que fiz uma ótima descida - relatou o jovem, exultante com o resultado.

Largando na 50ª colocação na primeira manga, Michel avançou 30 posições, tendo a chance de abrir a segunda descida e aproveitar o bom estado da neve. Na manga final, fez uma ótima descida e abriu oitenta centésimos para o segundo mais rápido. Macedo foi o 15º colocado da prova e o quarto melhor sul-americano.

- É a primeira vez que um esquiador brasileiro vence uma manga numa prova de Copa Continental, e o feito é ainda mais significativo se levarmos em conta que Michel tem 17 anos incompletos, apenas em sua segunda temporada na categoria adulta - destacou Stefano Arnhold, presidente da Confederação Brasileira de Desportos na neve e esquiador.

- Michel ficou dois segundos e 55 centésimos a frente do vencedor da prova na segunda manga. Numa modalidade em que as provas são decididas por centésimos de segundo, esse tempo é uma enormidade - completou o dirigente, lembrando que, no último Campeonato Brasileiro, na semana anterior, dois segundos e 47 centésimos separaram 38 atletas na prova de Slalom Gigante.

Com o resultado, Michel Macedo se coloca em ótima posição a Copa Sul-americana da próxima temporada, uma vez que somou pontos e terá melhores posições de largada. Na prova de La Parva, Guilherme Grahn, recordista brasileiro no Slalom, não completou a prova.