icons.title signature.placeholder RADAR/LANCEPRESS!
28/11/2014
13:05

O Brasil terá uma representante na elite do surfe mundial feminino em 2015. Silvana Lima, com 12,200 pontos, estará no WCT a partir da próxima temporada. A campeã deste ano foi a australiana Stephanie Gilmore, que conquistou o hexa nesta quinta-feira.

A pontuação da brasileira a credenciou para estar na elite no próximo ano. A surfista foi abandonada pelo então patrocinador no último ano e deu a volta por cima nesta temporada.

Já o título de Gilmore veio na final da bateria no Havaí, quando a compatriota Tyler Wright perdeu para a local Carissa Moore. Assim, a australiana se sagrou hexacampeã com 64,200 pontos.

- Eu não ganhei nenhum evento no ano passado e acho que serviu como um alerta para mim. Eu vim para esta temporada com o objetivo de surfar melhor e acho que a melhoria na qualidade das ondas do circuito feminino foi muito motivador para mim também. Começar o ano com uma vitória em casa na Gold Coast foi, talvez, mais importante porque senti que eu estava surfando em um nível melhor, mais competitivo, me dando mais confiança para o restante do ano - disse a campeã, por meio de assessoria de imprensa.