icons.title signature.placeholder RADAR/LANCEPRESS!
15/11/2014
13:22

A Seleção Brasileira Masculina de Futsal derrotou a Guatemala por 8 a 2 neste sábado e se classificou para a grande final do Grand Prix. O Brasil aguarda agora a definição da outra semifinal, entre Irã e Colômbia, para saber quem irá enfrentar na decisão.

A partida começou tranquila para o Brasil, que abriu o placar com Sinoê, aos 4 minutos. Leandro seguiu dando ritmo ao jogo, marcando mais dois gols em sequência para a equipe. A Guatemala descontou com Enriquez, mas Pito voltou a abrir três de vantagem no final do primeiro tempo.

Artilheiro do Brasil até então na partida, Leandro pediu mais posse de bola à equipe e falou sobre o valor de vestir a camisa da Seleção.

- Fizemos um bom primeiro tempo. Temos que valorizar mais a posse de bola, ter tranquilidade para fazer o mesmo no segundo e classificar para a final. Sempre esperamos por essa oportunidade e quando chegamos na Seleção, procuramos fazer o nosso melhor

O show de Falcão começou no segundo tempo. O craque marcou dois gols em sequência. A Guatemala ameaçou reagir, marcando com Ruiz, mas Falcão marcou o seu terceiro gol e deixou a vantagem brasileira em 5 gols. O jogador ainda protagonizou tabelinha com Daniel, que conclui para o gol e fechou o placar: 8 a 2.

Após a partida, Falcão foi só elogios ao técnico Sérgio Schiochet. Para o craque, o trabalho do técnico é voltado para o ataque e facilita a adaptação de novos jogadores.

- Conheci o Serginho como jogador e ele sempre priorizou o jogo para frente. Temos que ter o compromisso da marcação, mas sem fugir das nossas características. Queremos tirar um pouco o peso de vestir a camisa da Seleção e ele dá essa facilidade para os jogadores que estão chegando. A filosofia é ter um compromisso tático, mas sem perder a alegria de jogar