icons.title signature.placeholder Bruno Andrade
06/06/2014
20:00

A sofrida vitória do Brasil por 1 a 0 no amistoso contra a Sérvia, nesta sexta-feira, em São Paulo (SP), com gol de Fred, bateu dois recordes de arrecadação. A renda de R$ 8.693.940,00 (63.280 pagantes) é a maior da história da Seleção Brasileira e, principalmente, do Morumbi. Dono do estádio, o São Paulo vai lucrar 1.043.272,80 com o aluguel (12% da renda total).

A arrecadação de Brasil x Sérvia ultrapassou os R$ 8.615.730,00 do amistoso Brasil x Inglaterra (empate em 2 a 2), em 2 de junho de 2013, no Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ), até então a maior renda de todos os tempos da Seleção Brasileira. O valor também superou os R$ 4.484.282,25 (recorde do Morumbi) da semifinal da Copa Libertadores entre São Paulo e Internacional (vitória são-paulina por 2 a 1), em 5 de agosto de 2010.

Atlético-MG 2x0 Olímpia (PAR), no Mineirão, em Belo Horizonte (MG), na final da Copa Libertadores de 2013, ainda é o dono da maior arrecadação da história do futebol brasileiro: R$ 14.176.146,00 (56.557 pagantes).

RANKING DA SELEÇÃO BRASILEIRA:

1) Brasil 1x0 Sérvia – Morumbi (São Paulo/SP) – 6/6/2014 – Público: 63.280 – Renda: R$ 8.693.940,00 – Amistoso

2) Brasil 2x2 Inglaterra – Maracanã (Rio de Janeiro/RJ) – 2/6/2013 – Público: 57.280 – Renda: R$ 8.615.730,00 – Amistoso

3) Brasil 3x0 França – Arena Grêmio (Porto Alegre/RS) – 9/6/2013 – Público: 51.643 – Renda: R$ 6.833.515,00 – Amistoso

4) Brasil 0x0 Argentina – Mineirão (Belo Horizonte/MG) – 18/6/2008 – Público: 52.527 – Renda: R$ 6.605.255,00 – Eliminatórias Copa 2010

5) Brasil 1x0 Romênia – Pacaembu (São Paulo/SP) – 7/6/2011 – Público: 30.059 – Renda: R$ 4.357.705,00 – Amistoso