icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
03/07/2013
10:36

O Brasil é o país com o maior número de atletas na lista das 100 maiores transferências da história do futebol. Relatório da Pluri Consultoria aponta que um total de 19 jogadores brasileiros estão no ranking. O Brasil é seguido pela Espanha, com 12 jogadores, e pela Argentina, com 11 nomes.

A transferência mais cara de todos os tempos envolvendo um jogador brasileiro continua sendo a de Kaká. Em 2009 o brasileiro foi contratado pelo Real Madrid, junto ao Milan, por 65 milhões de euros (R$ 189,5 milhões). A transação segue como a quarta maior da história.

Na atual janela de transferências, seis novos negócios já entraram na lista do TOP 10. Entre eles está o de Neymar, que ocupa o oitavo posto com os 57 milhões de euros (R$ 166,2 milhões) pagos pelo Barcelona ao Santos.

A transferência mais cara da história continua sendo a do português Cristiano Ronaldo. Há quatro anos o atacante deixou o Manchester United e foi para o Real Madrid por 94 milhões de euros (R$ 274 milhões).

Outras curiosidades da lista são o fato do argentino Crespo aparecer três vezes, em nono, em 45º e na 100ª posição. A negociação envolvendo Ronaldo, do Barcelona para a Internazionale, em 1997, é a 80ª colocada. Um total de 26 negócios dos 100 do ranking são de jogadores que já se aposentaram.

As 10 maiores transferências da história:

Jogador      Ano      Vendedor           Comprador           Valor (em euros)
Cristiano Ronaldo   2009   Manchester United   Real Madrid   94 milhões
Zidane   2002   Juventus   Real Madrid   73,5 milhões
Ibrahimovic   2009   Internazionale   Barcelona   69,5 milhões
Kaká   2009   Milan   Real Madrid   65 milhões
Figo   2000   Barcelona   Real Madrid   60 milhões
Falcao García   2013   Atlético de Madrid   Monaco   60 milhões
Fernando Torres   2011   Liverpool   Chelsea   58,5 milhões
Neymar   2013   Santos   Barcelona   57 milhões
Crespo   2000   Parma   Lazio   55 milhões
Hulk   2012   Porto   Zenit   55 milhões


O Brasil é o país com o maior número de atletas na lista das 100 maiores transferências da história do futebol. Relatório da Pluri Consultoria aponta que um total de 19 jogadores brasileiros estão no ranking. O Brasil é seguido pela Espanha, com 12 jogadores, e pela Argentina, com 11 nomes.

A transferência mais cara de todos os tempos envolvendo um jogador brasileiro continua sendo a de Kaká. Em 2009 o brasileiro foi contratado pelo Real Madrid, junto ao Milan, por 65 milhões de euros (R$ 189,5 milhões). A transação segue como a quarta maior da história.

Na atual janela de transferências, seis novos negócios já entraram na lista do TOP 10. Entre eles está o de Neymar, que ocupa o oitavo posto com os 57 milhões de euros (R$ 166,2 milhões) pagos pelo Barcelona ao Santos.

A transferência mais cara da história continua sendo a do português Cristiano Ronaldo. Há quatro anos o atacante deixou o Manchester United e foi para o Real Madrid por 94 milhões de euros (R$ 274 milhões).

Outras curiosidades da lista são o fato do argentino Crespo aparecer três vezes, em nono, em 45º e na 100ª posição. A negociação envolvendo Ronaldo, do Barcelona para a Internazionale, em 1997, é a 80ª colocada. Um total de 26 negócios dos 100 do ranking são de jogadores que já se aposentaram.

As 10 maiores transferências da história:

Jogador      Ano      Vendedor           Comprador           Valor (em euros)
Cristiano Ronaldo   2009   Manchester United   Real Madrid   94 milhões
Zidane   2002   Juventus   Real Madrid   73,5 milhões
Ibrahimovic   2009   Internazionale   Barcelona   69,5 milhões
Kaká   2009   Milan   Real Madrid   65 milhões
Figo   2000   Barcelona   Real Madrid   60 milhões
Falcao García   2013   Atlético de Madrid   Monaco   60 milhões
Fernando Torres   2011   Liverpool   Chelsea   58,5 milhões
Neymar   2013   Santos   Barcelona   57 milhões
Crespo   2000   Parma   Lazio   55 milhões
Hulk   2012   Porto   Zenit   55 milhões