icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
17/06/2014
10:00

O Ultimate parece estar mesmo no clima da Copa do Mundo do Brasil. Depois de ter feito um levantamento do histórico de confrontos entre Brasil e Croácia no UFC, a organização agora apimentou a rivalidade para o jogo contra o México, que acontece nesta terça-feira, às 16h, no Castelão, em Fortaleza.

Através de seu site oficial, o evento ressaltou as estatísticas de Cain Velásquez contra atletas brasileiros para ilustrar o confronto entre Brasil e México. Embora seja americano, o campeão peso-pesado tem ascendência mexicana e é um grande ídolo no país latino.

Se no futebol o Brasil é o favorito para vencer o México, no octógono está em desvangatem. Ao todo, Velásquez já lutou seis vezes contra brasileiros no UFC e perdeu apenas uma luta. O americano acumula duas vitórias contra Junior Cigano, duas contra Antonio Pezão e uma contra Rodrigo Minotauro. O único revés da carreira de Velásquez foi também contra Cigano, em novembro de 2011.

Coincidentemente, o próximo compromisso do campeão do UFC é contra outro brasileiro. Velásquez defende o título dos pesados do Ultimate contra Fabricio Werdum no dia 15 de novembro, na Cidade do México. Se tudo der certo para o Brasil contra o México, a Seleção irá encaminhar a classificação para a próxima fase da Copa do Mundo e o país terá mais um cinturão do UFC no fim do ano.

Confira abaixo todos os confrontos entre brasileiros e atletas com descendência mexicana:
Cain Velasquez
Vitória por nocaute sobre Rodrigo 'Minotauro' Nogueira no UFC 110
Derrota por nocaute para Junior 'Cigano' dos Santos no UFC: Velásquez x Dos Santos
Vitória por nocaute sobre Antonio 'Pezão' Silva no UFC 146
Vitória por pontos sobre Junior 'Cigano' dos Santos no UFC 155
Vitória por nocaute sobre Antonio 'Pezão' Silva no UFC 160
Nate Diaz
Vitória por finalização sobre Júnior Assunção no UFC Fight Night 11
Nick Diaz
Vitória por nocaute sobre Gleison Tibau no UFC 65
Diego Sanchez
Vitória por pontos sobre Paulo Thiago no UFC 121
Francisco Trevino
Vitória por pontos sobre Renee Forte no UFC 171