icons.title signature.placeholder Caio Carrieri
14/06/2014
10:16

Mesmo que o Uruguai não repita neste ano a surpreendente campanha que fez na África do Sul ao ficar o quarto lugar, Lugano alcançará um feito só de pisar em gramados brasileiros. O camisa 2 repetirá nada menos que Obdulio Varela, grande líder celeste no Maracanazo, e ostentará a faixa de capitão por duas Copas seguidas.

O histórico volante comandou o Uruguai no Brasil, há 64 anos, quando o Bi Mundial foi obtido, e na competição seguinte, em 1954, na Suíca, onde a equipe acabou em quarto colocado.

Notabilizado não só pelo feito no Rio de Janeiro, mas também pelo seu engajamento fora das quatro linhas, Obdulio Varela, conhecido como Chefe Negro, capitaneou greve no futebol uruguaio em busca de melhores condições para os jogadores.

Além de Lugano e Obdulio, o defensor Horacio Troche ostentou o posto de capitão em dois Mundiais na sequência: o de 1962, no Chile, e em 1966, na Inglaterra.