icons.title signature.placeholder Felipe Mendes, enviado especial*
icons.title signature.placeholder Felipe Mendes, enviado especial*
15/07/2013
11:29

A Seleção Brasileira feminina de futebol conquistou nesta segunda-feira a medalha de bronze na Universíade de Kazan, na Rússia. No Rubin Stadium, o Brasil derrotou a África do Sul, de virada, por 2 a 1. Os gols brazucas foram marcados no segundo tempo por Rafaela Travalão. O gol sul-africano foi assinalado por Jermaine Seoposenwe.

- Sentimos na partida de hoje o cansaço, pelo formato do torneio, com apenas um dia de descanso. Mas o time mostrou garra para buscar esta medalha. É a minha primeira Universiade, uma experiência surreal vivenciar a Vila, a interação com atletas de outras modalidades. Só mesmo vindo pra conhecer. E fomos muito bem acolhidas pela cidade e pela torcida - disse Rafaela.

No primeiro tempo, o Brasil não soube aproveitar as oportunidades que  teve e acabou sofrente um gol aos 33 minutos. Na segunda etapa, a Seleção voltou melhor, pressionando a África do Sul. Mas foram as africanas que quase ampliaram. Aos 22 minutos, no entanto, Rafaela empatou o jogo ao receber a bola dentro da área. Dois minutos depois, novamente Rafaela aproveitou uma bola aérea e cabeceou para o fundo da rede.

- Estou muito feliz. No meu clube, XV de Piracicaba, jogo no ataque, mas aqui atuei nas laterais. Inclusive hoje estava na lateral direita e a perna esquerda não é minha melhor perna, mas consegui marcar. E o segundo gol deve ser o terceiro em minha carreira de cabeça - finalizou Rafaela.

Com essa conquista, o Brasil chega a dez medalhas na Universíade de Kazan. São quatro ouros (Rocheles Nunes e Ketleyn Quadros, no judô, Arthur Zanetti na ginástica artística, e Ronald Julião no atletismo), duas pratas (Rochele Nunes e Anderson Henriques, no atletismo) e quatro bronzes (futebol feminino, equipe masculina do judô e Rafael Buzacarini e David Silva, também no judô). O país ainda tem uma medalha garantida pois a Seleção feminina de vôlei disputa nesta segunda-feira a final contra a Rússia.

* O repórter viaja a convite da CBDU

A Seleção Brasileira feminina de futebol conquistou nesta segunda-feira a medalha de bronze na Universíade de Kazan, na Rússia. No Rubin Stadium, o Brasil derrotou a África do Sul, de virada, por 2 a 1. Os gols brazucas foram marcados no segundo tempo por Rafaela Travalão. O gol sul-africano foi assinalado por Jermaine Seoposenwe.

- Sentimos na partida de hoje o cansaço, pelo formato do torneio, com apenas um dia de descanso. Mas o time mostrou garra para buscar esta medalha. É a minha primeira Universiade, uma experiência surreal vivenciar a Vila, a interação com atletas de outras modalidades. Só mesmo vindo pra conhecer. E fomos muito bem acolhidas pela cidade e pela torcida - disse Rafaela.

No primeiro tempo, o Brasil não soube aproveitar as oportunidades que  teve e acabou sofrente um gol aos 33 minutos. Na segunda etapa, a Seleção voltou melhor, pressionando a África do Sul. Mas foram as africanas que quase ampliaram. Aos 22 minutos, no entanto, Rafaela empatou o jogo ao receber a bola dentro da área. Dois minutos depois, novamente Rafaela aproveitou uma bola aérea e cabeceou para o fundo da rede.

- Estou muito feliz. No meu clube, XV de Piracicaba, jogo no ataque, mas aqui atuei nas laterais. Inclusive hoje estava na lateral direita e a perna esquerda não é minha melhor perna, mas consegui marcar. E o segundo gol deve ser o terceiro em minha carreira de cabeça - finalizou Rafaela.

Com essa conquista, o Brasil chega a dez medalhas na Universíade de Kazan. São quatro ouros (Rocheles Nunes e Ketleyn Quadros, no judô, Arthur Zanetti na ginástica artística, e Ronald Julião no atletismo), duas pratas (Rochele Nunes e Anderson Henriques, no atletismo) e quatro bronzes (futebol feminino, equipe masculina do judô e Rafael Buzacarini e David Silva, também no judô). O país ainda tem uma medalha garantida pois a Seleção feminina de vôlei disputa nesta segunda-feira a final contra a Rússia.

* O repórter viaja a convite da CBDU